Share, , Google Plus, Pinterest,

Posted in:

Transformação Digital: O que é, Principais Causas e Impactos

transformação digital o que é principais causas impactos
Rate this post

Não há pessoa no mundo que não tenha sido impactada pela transformação digital. Com as empresas, é a mesma coisa.

Sim, desde o seu surgimento, a espécie humana sempre promoveu avanços tecnológicos muito impactantes.

Mas a transformação digital não diz respeito apenas à criação de novos utensílios, mecanismos, dispositivos e serviços que facilitam nossa vida de alguma maneira.

O termo é muito usado no mundo corporativo quando o assunto são as exigências de uma nova realidade, na qual a tecnologia avança mais rápido que nunca.

Ou seja, é mais sobre o contexto que circunda as tecnologias do que sobre as tecnologias em si.

É por isso que implantar a transformação digital em uma empresa não é tão simples quanto utilizar uma funcionalidade nova.

Porque os produtos e serviços tecnológicos vêm com um manual e obedecem a uma lógica subjetiva.

O que estamos falando aqui é de uma mudança cultural, que é um desafio maior, porque envolve o lado humano também e tem um grande número de variáveis.

Para avançar no conhecimento sobre os desafios da transformação digital nas empresas e suas soluções, confira os tópicos que preparamos neste artigo:

  • O que é transformação digital?
  • O que ocasionou a transformação digital?
  • Qual a importância da transformação digital?
  • Quais os impactos da transformação digital para a sociedade?
  • Benefícios da transformação digital
  • Quais gerações a transformação digital mais impactou?
  • Como acompanhar as mudanças?
  • Principais tecnologias
    • Computação em Nuvem
    • Mídias Sociais
    • Mobilidade
    • Big Data
  • Exemplo aplicado da transformação digital.

Boa leitura!

transformação digital o que é
A tecnologia mudou a forma como setores inteiros e empresas como um todo trabalham

O que é Transformação Digital?

Transformação digital é o processo em que uma empresa implementa um mindset (mentalidade) digital em todos os seus setores.

Não importa qual o produto ou serviço oferecido – ele pode ser o mais analógico possível.

O que interessa é que os processos utilizados na sua produção e comercialização obedeçam à lógica do mundo digital.

E qual é essa lógica? Das mudanças rápidas, das respostas instantâneas, da flexibilidade e da agilidade.

Para que você entenda melhor, explicamos, abaixo, alguns aspectos que podemos considerar como pilares da transformação digital:

  • Foco no consumidor: Nunca foi tão fácil entender os desejos e preferências dos consumidores. Então, é fundamental que essas informações orientem todo o trabalho da empresa
  • Feedbacks constantes: Todas as empresas cometeram, cometem e cometerão erros. Como agora há mais e melhores possibilidades de obter feedback, é preciso aproveitar as falhas para qualificar o produto
  • Entregas mais ágeis: Todos esses processos – de produzir, lançar o produto, obter feedbacks e corrigir os rumos quando preciso – devem acontecer com a máxima eficiência
  • Adaptação às mudanças: As entregas precisam ser ágeis porque os contextos mudam o tempo todo. Por, isso a empresa precisa ter resiliência e, ao mesmo tempo, capacidade de flexibilizar seus processos.

Você percebeu que, em nenhum dos aspectos que acabamos de explicar, mencionamos a tecnologia?

Isso não quer dizer que ela não deve estar presente. Pelo contrário, são as novas tecnologias que tornam tudo isso muito mais fácil.

É por isso que ressaltamos, na abertura do texto, que transformação digital vai além de utilizar soluções tecnológicas em uma organização.

O conceito implica em usar a tecnologia para implementar a mentalidade digital, composta pelos pilares que explicamos acima.

O objetivo final é melhorar a performance da empresa, tornando-a mais enxuta, eficiente e produtiva, sem nunca deixar de satisfazer seu público-alvo.

transformação digital o que ocasionou
A mudança que a transformação digital trouxe não foi só estrutural

O que ocasionou a Transformação Digital?

Se você pesquisar mais sobre o assunto, encontrará muitas fontes que trazem uma definição bem mais simplista sobre transformação digital.

Em algumas delas, o conceito significa apenas o processo de usar a tecnologia para melhorar o desempenho de uma empresa. Uma transformação estrutural, portanto, e não cultural.

A partir dessa lógica, poderíamos responder simplesmente que o que ocasionou a transformação digital foi o avanço nas tecnologias disponíveis.

Isso porque, com essa nova realidade, torna-se uma necessidade buscar a adoção dessas tecnologias para não ser superado pela concorrência, que as utiliza e aumenta sua eficiência.

Não que essa lógica esteja errada. Mas se fosse apenas isso, a única diferença da transformação digital para os processos que as empresas sofreram nas revoluções industriais anteriores seria a conectividade proporcionada pela internet.

Na realidade, é mais que isso. A causa principal é o novo contexto global do mercado e da sociedade, em que está tudo mais volátil, incerto, complexo e ambíguo (seguindo a ideia de “mundo VUCA“).

Um dos motivos para essa realidade é, evidentemente, a tecnologia que avança mais rápido que nunca.

No entanto, é preciso compreender que se trata de um fenômeno mais complexo do que apenas supor que há uma simples relação de causa e efeito entre a tecnologia e a transformação digital.

transformação digital qual a importância
A transformação digital também deixou as empresas mais ágeis, já que elas precisam ser adaptáveis

Qual a importância da Transformação Digital?

Como o mundo está mais volátil, incerto, complexo e ambíguo, fica difícil para qualquer empresa prever cenários futuros.

Com base nessa dificuldade, a transformação digital torna a empresa ágil e capaz de se adaptar às instabilidades do mercado.

Então, em vez de se estruturar a partir de um planejamento engessado para o futuro, é preciso desenvolver essas capacidades. Aí está a importância da transformação digital.

Mas é bom ressaltar novamente que tudo começa com uma mudança cultural, que busca instituir na organização uma nova mentalidade.

Essa mentalidade implicará em novidades na estrutura da empresa, sim, mas principalmente nos processos.

Metodologias como Scrum e Agile entram em cena.

E também práticas como o design thinking, que incentiva a criação de equipes multidisciplinares e estimula abordagens criativas para a resolução de problemas.

O design thinking propõe a prototipagem dos produtos antes de seu lançamento no mercado, de modo a colher o máximo de feedbacks possível e fazer os ajustes no projeto com eficiência e agilidade.

Voltando ao tema deste tópico, podemos resumir dizendo que a transformação digital é importante porque torna a empresa mais inovadora, ágil, resiliente e flexível para encarar as dificuldades do mundo VUCA.

transformação digital quais impactos para a sociedade
A transformação digital não é um fim em si só e sim um fruto das mudanças da sociedade

Quais os impactos da Transformação Digital para a Sociedade?

Essa é uma pergunta muito comum, porém ela tem um problema: sua premissa está errada.

Quem busca saber quais são os impactos da transformação digital na sociedade está simplificando o conceito de um jeito ainda maior do que a abordagem simplista que explicamos antes.

Se a transformação digital fosse apenas o aumento no número de soluções tecnológicas usadas nas empresas e nos lares das pessoas, aí sim faria sentido falar em impactos na sociedade.

Segundo o conceito que trazemos aqui, a lógica é invertida: as tecnologias causaram impactos na sociedade, o que, por sua vez, gerou um cenário em que as empresas precisam passar pela transformação digital para se adaptarem.

A transformação digital é, portanto, consequência das mudanças ocorridas na sociedade, e não causa.

E que mudanças são essas? A comunicação instantânea, o livre acesso a informações de todos os tipos, a possibilidade de se mobilizar pelas redes sociais e tantas outras.

O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), por exemplo, já existia antes da internet.

Mas a possibilidade de registrar uma queixa em canais como o Reclame Aqui, que podem ser consultados por internautas de qualquer lugar do Brasil, é uma novidade do mundo digital que faz com que as empresas tomem mais cuidados com a satisfação de seus clientes.

E o que a transformação digital tem a ver com isso? O foco no cliente e as metodologias ágeis são alguns aspectos que têm estreita relação com esse exemplo.

O que queremos dizer, com isso tudo, é que a transformação digital é uma reação aos novos hábitos dos consumidores, e não o contrário.

transformação digital benefícios
A comunicação é uma das facetas das organizações que mais mudaram com a transformação digital

Benefícios da Transformação Digital

Alguns dos principais benefícios da transformação digital já foram abordados aqui, como o incentivo à inovação e criatividade, agilidade nas entregas e flexibilidade para se adaptar às constantes mudanças no mercado e nos hábitos dos consumidores.

Vale a pena falar sobre um outro benefício que é, na verdade, um meio para alcançar os objetivos propostos no processo de transformação digital.

Estamos falando do rompimento dos silos de comunicação, um problema muito comum mas que boa parte dos administradores e gestores não percebe.

Também chamados de silos organizacionais, eles acontecem quando há barreiras que dificultam a comunicação e colaboração entre funcionários de diferentes setores da mesma empresa.

Eles se formam por inúmeros motivos, e às vezes originam até rivalidades entre as áreas.

O que não faz nenhum sentido racional, porque está todo mundo no mesmo barco, trabalhando para atender à missão e objetivos da empresa.

O incentivo às equipes multidisciplinares é uma das abordagens da transformação digital que ajudam a romper com esses silos.

Além disso, é a melhor maneira de encarar a ambiguidade do mundo VUCA, pois sabemos que um problema pode ser analisado por múltiplas perspectivas.

Por fim, mas não menos importante, há um benefício muito especial que a transformação digital provoca quando aplicada com competência: a redução de custos – e, consequentemente, aumento na margem de lucro.

Isso ocorre graças às ideias da filosofia lean (enxuta) e ao aumento na produtividade das equipes.

O que não quer dizer que os colaboradores são explorados, mas sim que são orientados a trabalhar de forma mais inteligente – algumas metodologias, inclusive, estimulam a autogestão.

transformação digital quais gerações mais impactou
A transformação digital foi e é um desafio para gestores e profissionais que não são nativos digitais

Quais gerações a Transformação Digital mais impactou?

Hoje em dia, ouvimos muito falar na geração Y, a dos chamados millennials, aqueles que nasceram entre meados da década de 1980 e o final dos anos 1990.

Essa geração é conhecida por ser a última a pegar um mundo ainda bastante analógico, antes da banda larga e dos smartphones.

Esse público, porém, viveu as principais inovações das últimas décadas na infância e na adolescência, uma fase da vida em que a curiosidade por esse tipo de novidade é grande.

Já a geração seguinte, a Z, dos nascidos a partir do fim dos anos 1990, é a dos nativos digitais, que se criaram em um mundo bastante transformado pela internet e dispositivos eletrônicos ainda populares hoje.

Portanto, podemos concluir que as gerações mais impactadas são as anteriores à geração Y.

Empreendedores e gestores que se formaram em um tempo em que não havia computadores, celulares e internet enfrentam, naturalmente, muito mais dificuldades no processo de mudança para a mentalidade digital.

Antes da virada do século, havia mais segurança e menos concorrência. As coisas eram mais simples e era possível comandar uma empresa de maneira mais intuitiva e empírica.

transformação digital como acompanhar mudanças
A capacitação e educação continuada seguem com grande importância mesmo com todas as mudanças que aconteceram

Como acompanhar as mudanças?

Há empresários que compreendem muito bem o cenário mundial no qual avanços tecnológicos tornam o mercado extremamente dinâmico.

O problema é que alguns deles pensam que é simples obter vantagens competitivas a partir da adoção de uma tecnologia que é tendência.

O resultado é que acabam apostando muitas fichas nessa tendência, investindo grandes somas de dinheiro em algo cujo resultado é imprevisível.

Nosso conselho é esquecer a futurologia.

Claro que é prudente acompanhar o rumo das mudanças e as expectativas para os próximos anos (em sites, fóruns e eventos de tecnologia, por exemplo).

Para aproveitar as tendências, porém, o ideal é se capacitar e capacitar seus colaboradores a respeito. É um investimento mais discreto que dificilmente vai se perder.

Por exemplo, se você crê que inteligência artificial e machine learning serão as áreas em que surgirão grandes oportunidades, não mude seu modelo de negócio logo de cara para aproveitar esse nicho de mercado.

Em vez disso, prepare-se com conhecimento sobre essas tecnologias e desenvolva o mindset digital para que, quando a oportunidade surgir de fato, sua empresa esteja preparada.

transformação digital principais tecnologias
Computação em nuvem, big data… novas palavras que têm grande peso no novo ambiente de negócios

Principais tecnologias

Não custa repetir: no conceito de transformação digital, as novas tecnologias devem servir a um propósito maior, de tornar a empresa mais ágil, enxuta, criativa, flexível e focada no cliente.

Mas é claro que é necessário ter um bom entendimento das novidades tecnológicas para poder chegar aos objetivos desejados.

A seguir, vamos apresentar algumas dessas tecnologias sobre as quais é bom saber um pouco mais, seja qual for a sua área de atuação.

Computação em Nuvem

A computação em nuvem é a distribuição de bancos de dados, softwares, armazenamento e outros serviços de computação em servidores compartilhados, interligados por meio da internet.

Na gestão das empresas, a computação em nuvem proporciona muita praticidade no armazenamento de documentos e torna a gestão de softwares muito mais ágil e eficiente.

Mídias Sociais

As mídias sociais – atualmente, as principais são Facebook, Instagram e Twitter – proporcionaram às empresas um relacionamento muito mais próximo (e horizontal) com seu público.

Além disso, trouxeram oportunidades inéditas na publicidade online, por conta da possibilidade enorme de segmentação do público para o qual as propagandas são exibidas.

Mobilidade

Não é mais possível deixar de pensar no celular como um intermediário entre a empresa e seu público consumidor, tanto no atendimento quanto na própria venda.

Mas a mobilidade na transformação digital não diz respeito apenas a isso. Os dispositivos móveis também permitem novas organizações dentro do ambiente de trabalho.

Tarefas como o controle de estoque, comunicação entre equipes e realização de pagamentos, por exemplo, ficam muito mais ágeis.

Big Data

Big data é o nome que se dá ao grande conjunto de dados que são gerados e armazenados diariamente no mundo todo.

O desafio para as empresas é aproveitar essas informações em seu planejamento estratégico e para qualificar suas tomadas de decisão – prática conhecida como inteligência de mercado.

transformação digital exemplo aplicado
Algumas empresas conseguiram se adaptar e usar a transformação digital para se diferenciar perante os concorrentes

Exemplo aplicado da transformação digital

O case do Itaú Unibanco é um ótimo exemplo de como a transformação digital é uma necessidade não apenas em empresas em crise.

Mesmo sendo o maior banco do país, a instituição apostou em uma mudança cultural com base no conceito de lean digital transformation.

De fora, muitos pensam que a transformação digital, para um banco, é simplesmente aperfeiçoar os canais de atendimento e gerenciamento de contas pela internet e celular.

Mas vai muito além disso, pois o Itaú Unibanco passou por uma grande mudança estrutural e assumiu o desafio de atuar com a agilidade de uma startup.

Segundo palestra de Ellen Kiss, superintendente de marketing digital do banco, as seis premissas da cultura digital da instituição são:

  • Cliente no centro de tudo
  • Colaboração
  • Foco na criação de valor
  • Abertura genuína para experimentação
  • Orientação a dados
  • Busca incansável pelo melhor modelo de negócio.

De acordo com a executiva, essa nova mentalidade já está dando resultados, pois o banco tem conseguido atender com maior velocidade as demandas de seus clientes.

transformação digital conclusão
A transformação digital precisa ser acompanhada de uma mudança no mindset e na forma de fazer negócios

Conclusão

A partir de agora, quando você ouvir falar em transformação digital, abra sua cabeça.

O conceito busca transmitir algo muito além da simples utilização de soluções tecnológicas dentro da empresa.

É claro que as organizações que demoram a utilizar tecnologias que aumentam a eficiência de seus processos ficam em desvantagens.

Mas, para se destacar de verdade em um mercado tão instável e competitivo, é preciso, além disso, criar uma mentalidade digital. Ou seja:

  • Ter foco no cliente
  • Obter feedbacks constantes
  • Ser ágil nas entregas
  • Ser flexível.

Compreendendo e internalizando essas premissas, aí sim você pode – e deve – investir na tecnologia.

O importante é saber que, para obter todos os benefícios que elas têm a oferecer, é preciso passar por essa mudança cultural.

Mergulhando de cabeça na transformação digital, você terá uma empresa mais enxuta, eficiente e colaborativa.

Uma das principais consequências do processo é o rompimento dos silos organizacionais, as rivalidades sem sentido entre os setores.

Com todo mundo se comunicando e colaborando para alcançar o mesmo objetivo, os resultados não tardam a aparecer.

Quer saber mais sobre os benefícios que a transformação digital pode trazer para a sua empresa? Deixe um comentário abaixo ou entre em contato conosco.

4 Comments

Leave a Reply
  1. Excelente texto..
    Diante de todos estes novos desafios, metodologia de projetos, capacitação técnica e principalmente mudanças culturais, tem algum curso ou alguma consultoria que a FIA possa auxiliar??

    • Boa tarde Daniele. Sugiro analisar o curso de MBA GESTÃO DA TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO através da url fia.com.br/mba/gti/. Analise também o curso de PÓS-GRADUAÇÃO ADMINISTRAÇÃO DE NEGÓCIOS DA INDÚSTRIA 4.0 através do link fia.com.br/pos-graduacao/administracao-negocios-industria-4-0/. Existem muitos outros cursos de inovação que abordam este tema. Por favor, consulte o site da FIA e nossas diversas opções de cursos de extensão, pós-graduação e MBA.

  2. Excelente!
    Traduzir conceitos com essa simplicidade e inteligência é extraordinário!
    Me
    Lembrei do artigo do Levi / Miopia de Marketing ….. Muito bom !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *