Share, , Google Plus, Pinterest,

Posted in:

Ram Charan: conheça um dos grandes gurus de liderança

Ram Charan

Se você acompanha as principais referências na área de liderança, já deve ter ouvido falar de Ram Charan.

Renomado consultor, professor e palestrante, ele ficou famoso pelos estudos e dicas práticas para construir linhas de sucessão e planos de carreira voltados à formação de líderes eficientes.

Entre seus conselhos para a atualidade, Charan ressalta a necessidade de que os gestores monitorem e sejam capazes de responder às mudanças com agilidade.

Também destaca a importância de aprender algo novo todos os dias para se manter bem informado e escolher prioridades que ajudem a alcançar o sucesso.

Neste artigo, reunimos outras lições deixadas pelo consultor, incluindo obras para você ler e dar um impulso na carreira.

Confira quais serão os tópicos abordados:

  • Quem é Ram Charan?
  • Ram Charan: 15 lições sobre liderança e carreira
    • 1. “Ser inteligente não significa que a pessoa está apta a tomar as decisões certas nos negócios”
    • 2. “Ache as causas por que o desempenho é bom e por que o desempenho não é bom”
    • 3. “Defina três ou quatro prioridades dominantes que ajudarão a atingir a sua visão e sua estratégia”
    • 4. “Quando eu começo algo, tenho que treinar, treinar e treinar”
    • 5. “Amplie sua visão. Não apenas lendo livros, mas olhando sob as óticas dos outros”
    • 6. “Execução é uma disciplina. Nenhum atleta jamais teve sucesso sem disciplina e treino”
    • 7. “Reconheça e recompense aqueles que dão resultados”
    • 8. “O seu maior multiplicador é ter a pessoa certa no lugar certo”
    • 9. “Qualquer que seja sua estratégia, qualquer quer seja seu negócio, comece de trás para frente. Comece pelo consumidor”
    • 10. “Se você não inova, você morre”
    • 11. “O fracasso é uma plataforma para aprender o que deu errado”
    • 12. Pergunte-se, todo dia, o que de novo aprendeu. Todos os dias o mundo está gerando coisas novas”
    • 13. “Os líderes devem ser os arquitetos da estratégia”
    • 14. “É importante fazer revisões de desempenho, com uma boa periodicidade”
    • 15. “Para convocar um jogador é preciso que ele seja muito bom, mas também é preciso que ele saiba jogar em equipe”
  • 4 livros de Ram Charan que você deve ler para alavancar sua carreira
    • Pipeline de liderança (2000)
    • Execução: a Disciplina Para Atingir Resultados (2004)
    • Know-How – As 8 Competências Que Separam os Que Fazem dos Que não Fazem (2007)
    • O Líder Criador de Líderes (2008).

Para aprender com Ram Charan, siga a leitura!

Quem é Ram Charan?

Ram Charan é um consultor de empresas, palestrante e escritor nascido em Uttar Pradesh, Índia, em 25 de dezembro de 1939.

Ele passou a infância e adolescência em seu país natal, onde ajudou o pai no negócio da família – uma pequena mercearia.

Desde então, foi tomando gosto pela administração de organizações e assuntos relacionados, como a liderança, plano de carreira e aprimoramento de talentos.

Após finalizar escola e faculdade, Charan foi cursar doutorado na Universidade de Harvard, uma das mais prestigiadas do mundo.

Pioneiro, acabou se tornando o primeiro professor indiano a ministrar aulas na Harvard Business School.

Outra universidade que teve o privilégio de contar sua sabedoria foi a Kellogg, que também o recebeu como docente.

Além da trajetória no universo acadêmico, o consultor sempre fez questão de priorizar os conhecimentos práticos, assumindo postos importantes em grandes empresas.

Ford, DuPont, Duke Energy e Verizon foram algumas companhias onde Charan fez carreira, com destaque para a multinacional General Electric (GE) – na qual o próprio CEO da época, Jack Welch, foi aconselhado pelo professor.

Unindo experiência no mercado à didática necessária para lecionar, o indiano logo se tornou referência para executivos e profissionais de várias nações, sendo convidado a palestrar e compartilhar suas ideias mundo afora.

Essas vivências foram transformadas no conteúdo presente em 20 livros do autor, muitos deles best-sellers que apontaram e continuam vislumbrando tendências no presente e no futuro.

Na década de 1980, fundou a consultoria de gestão de negócios Charan Associates.

Mais tarde, firmou parceria com Kevin Cope e Stephen Covey para formar a consultoria Acumen Learning.

A companhia oferece treinamentos para empresas com base nos conceitos da obra “What the CEO Wants You to Know: How Your Company Really Works” (“O que o CEO deseja que você saiba: Como sua empresa realmente trabalha”, em uma tradução livre).

O livro carrega um dos conceitos mais disseminados pelo escritor: o de visão de negócios como uma característica fundamental para o sucesso de qualquer líder.

Aos 80 anos, Charan continua viajando para palestrar e difundir suas ideias sobre gestão de negócios e pessoas, incluindo visitas ao Brasil em 2019.

Ram Charan: 15 lições sobre liderança e carreira

Ram Charan
Ram Charan: 15 lições sobre liderança e carreira

Durante seus mais de 50 anos estudando fatores que levam os negócios ao sucesso, Charan deixou lições valiosas para profissionais de todos os segmentos.

Começando pela premissa de que a liderança não é um dom inato, mas, sim, um conjunto de habilidades e comportamentos que permitem ao líder influenciar outras pessoas de maneira positiva.

Dessa forma, os liderados o seguem espontaneamente, pois reconhecem as oportunidades de crescimento e mudanças por contarem com o suporte do líder.

A seguir, apresentamos 15 lições para a carreira e liderança, partindo de reflexões de frase do Ram Charan.

1. “Ser inteligente não significa que a pessoa está apta a tomar as decisões certas nos negócios”

Por mais qualificado que um profissional seja, nem sempre ele está pronto para tomar a frente e liderar.

Essa afirmação mostra a relevância do preparo e formação para gestores – que, como explicamos acima, não nascem prontos.

É necessário que participem de programas específicos que possibilitem o desenvolvimento de competências técnicas (hard skills) e comportamentais (soft skills), de modo a se aprimorar antes de assumir um cargo mais alto dentro da empresa.

2. “Ache as causas por que o desempenho é bom e por que o desempenho não é bom”

De nada adianta executar uma ou mais tarefas se não avaliarmos, constantemente, seus resultados.

E essa análise não deve se restringir a o que deu certo e o que não deu certo. Deve prosseguir para investigar as razões por trás de cada acerto e erro.

Caso contrário, vai ficar complicado multiplicar os sucessos e evitar os fracassos, pois só é possível mudar um resultado alterando os motivos que levaram até ele.

3. “Defina três ou quatro prioridades dominantes que ajudarão a atingir a sua visão e sua estratégia”

Vivemos e trabalhamos em ambientes cheios de distrações, acumulando listas com uma série de tarefas que devem ser concluídas em um só dia.

Por isso, é essencial aprender a priorizar, definindo o que realmente importa e dedicando tempo para essas atividades, todos os dias.

Segundo Charan, um bom começo é listar todas as atividades significativas e escolher uma só meta, aquela que consideramos mais importante.

Em seguida, é preciso optar pelas três ações-chave que nos levarão até essa meta.

Em entrevista ao site da Revista Exame, o autor compartilhou sua própria lista com ações-chave que preenchem dois terços do seu tempo, diariamente.

Confira:

  • Continuar aprendendo
  • Procurar novas tendências
  • Descobrir como desenvolver pessoas.

4. “Quando eu começo algo, tenho que treinar, treinar e treinar”

Simplesmente porque a prática é que leva à melhoria contínua.

Sem investir em treinamento, mesmo os melhores líderes e profissionais de alta performance tendem a perder o controle de sua carreira e seu espaço no mercado.

Cedo ou tarde, eles e seus empreendimentos serão superados por concorrentes dispostos a exercitar suas competências, testar e aperfeiçoar suas soluções.

5. “Amplie sua visão. Não apenas lendo livros, mas olhando sob as óticas dos outros”

O nome dessa lição é empatia, ou a capacidade de se colocar no lugar de outra pessoa para experimentar seus dramas, paradigmas e desejos.

Na era da informação, o maior capital das empresas está na expertise de seus funcionários e no potencial de atender às necessidades dos clientes.

Tudo isso exige empatia dos gestores e lideranças, a fim de conquistar e manter a lealdade dessas pessoas.

6. “Execução é uma disciplina. Nenhum atleta jamais teve sucesso sem disciplina e treino”

Ter persistência e dar continuidade aos planos é fundamental para crescer na carreira ou expandir os negócios.

Para tanto, é preciso se disciplinar e manter o foco até acertar o alvo, não se importando com o número de tentativas necessárias.

A metáfora do atleta cabe perfeitamente nesse raciocínio, porque demonstra que mesmo um recorde pode ser superado com esforço, disciplina e treinamento.

7. “Reconheça e recompense aqueles que dão resultados”

Está aí uma abordagem interessante para incentivar resultados expressivos: dar reconhecimento e recompensas em diversos formatos.

Então, além de bônus, viagem, brindes ou qualquer outro tipo de premiação, lembre-se de agradecer pela dedicação dos liderados que trabalham duro, ou pela criatividade dos que encontram novas soluções e caminhos.

8. “O seu maior multiplicador é ter a pessoa certa no lugar certo”

Para ser um líder competente, é preciso conhecer os talentos das pessoas para colocar os desafios certos em suas mãos.

Às vezes, a companhia perde em produtividade e oportunidades de negócio por ignorar essa lição, por exemplo, na hora de contratar um colaborador.

O processo de recrutamento e seleção pede um planejamento detalhado para a identificação de indivíduos com o perfil adequado para uma vaga.

Esse perfil é tão relevante quanto as habilidades técnicas do candidato, em especial se a posição for de liderança.

9. “Qualquer que seja sua estratégia, qualquer que seja seu negócio, comece de trás para frente. Comece pelo consumidor”

Eis aqui uma das razões que renderam a fama de guru da liderança a Charan.

Visionário, o palestrante já adiantou muitas tendências, incluindo o customer centric e user experience (UX), que descrevem estratégias centradas no consumidor e em sua experiência.

Se não atender àquilo que o cliente espera, não será possível monetizar o negócio, tornando boas ideias insustentáveis após poucos meses.

Portanto, começar estudando os hábitos, problemas e preferências do consumidor é uma dica de ouro para qualquer empresa.

10. “Se você não inova, você morre”

Declaração dada em entrevista ao site Pioneiro, esSe insight revela a adaptação dos estudos sobre liderança à realidade da internet e das mudanças velozes impulsionadas pelo ambiente digital.

De acordo com Charan, na era digital, a maior parte das ideias acaba se tornando commodity, o que pede inovação constante para manter as empresas competitivas.

A saída gira em torno de uma cultura ágil, que englobe a experimentação frequente e de baixo custo.

Assim, produtos e serviços são melhorados rapidamente para atender à demanda do consumidor.

11. “O fracasso é uma plataforma para aprender o que deu errado”

Temido por muitos profissionais e gestores, o fracasso precisa ser encarado de forma mais leve, e não como uma sentença imutável.

Até porque é comum errar algumas (ou muitas) vezes antes de conseguir o resultado almejado.

Dentro da cultura startup, voltada para inovação, existe o processo de iteração, que nada mais é do que a adaptação de um produto ou serviço repetidas vezes, até que ele esteja pronto para conquistar o público-alvo.

Portanto, pode ser vantajoso apresentar versões simples (MVP ou mínimo produto viável) da sua solução a um pequeno grupo, a fim de que ela seja testada, receba feedbacks e passe por iterações antes do lançamento oficial.

12. Pergunte-se, todo dia, o que de novo aprendeu. Todos os dias o mundo está gerando coisas novas”

Para Charan, esse é um dos segredos das pessoas de sucesso.

Como mencionamos acima, continuar aprendendo é uma das ações-chave que norteiam a carreira do consultor, construindo um portfólio de qualidade para solucionar questões complexas.

Aprender também oferece motivação diária, pois lembra que o mundo e as oportunidades não se resumem ao que já conhecemos.

13. “Os líderes devem ser os arquitetos da estratégia”

Daí a necessidade de expandirem os horizontes, tornando-se pessoas visionárias.

Um dos maiores desafios para as lideranças é traçar planos para o longo prazo, sem deixar de lado a flexibilidade para corrigir a rota sempre que for preciso.

Junto a dados estratégicos, essa visão de negócios auxilia na tomada de decisões assertivas.

14. “É importante fazer revisões de desempenho, com uma boa periodicidade”

Por exemplo, analisar a performance da empresa, equipe e colaboradores a cada trimestre.

Desse modo, ficará mais simples mensurar as forças e fraquezas, reforçando os pontos fortes e minimizando os fracos para elevar o desempenho.

15. “Para convocar um jogador é preciso que ele seja muito bom, mas também é preciso que ele saiba jogar em equipe”

As organizações buscam, cada vez mais, por pessoas abertas ao diálogo e dispostas a vestir a camisa pela equipe.

Significa que é crucial observar as habilidades de comunicação, comprometimento, divisão de trabalhos, resolução de problemas e proatividade para selecionar os melhores colaboradores.

Claro que partes das tarefas eles desempenharão sozinhos, contudo, o restante do time precisa dispor das informações básicas para trabalhar com agilidade e confiança.

4 livros de Ram Charan que você deve ler para alavancar sua carreira

Ram Charan
4 livros de Ram Charan que você deve ler para alavancar sua carreira

Gostou das reflexões e conceitos abordados em palestras, entrevistas e obras de Charan?

Veja, agora, indicações de livros que vão fazer a diferença na sua vida profissional, servindo como guias para impulsionar sua carreira ou seu negócio.

Pipeline de liderança (2000)

Uma das obras mais conhecidas do autor estrutura seu conceito sobre o desenvolvimento contínuo de lideranças e sucessores capacitados dentro das organizações.

O termo pipeline, emprestado do inglês, se refere a encanamentos ou canalização – uma metáfora para mostrar que o caminho até a liderança é repleto de ramificações.

Nesse cenário, Charan se une a Stephen Drotter e James Noal para apresentar um modelo com seis etapas, marcadas por transições que exigem que o líder domine diferentes competências.

Na primeira, é requerido aprender a delegar tarefas, pois o profissional deixa de responder apenas por si mesmo para responder por uma equipe.

Na segunda, troca a liderança de uma equipe pela de gerentes, o que implica em observar os funcionários interessados na liderança e prepará-los.

A terceira transição prevê a passagem da liderança de gerentes para a liderança de uma área inteira na companhia, por exemplo, vendas, marketing ou Recursos Humanos.

Aqui, já é necessário ter uma visão ampla e estratégica, que considere as necessidades do negócio como um todo.

Na quarta transição, o gerente funcional se torna gerente de negócios, respondendo por uma unidade inteira da empresa.

É preciso muita dedicação e esforço para adquirir conhecimentos sobre setores em que ele, provavelmente, nunca trabalhou, a fim de integrar as ações em prol do negócio.

A quinta etapa faz do gerente de negócios um gestor de grupo, ou seja, aquele que coordena mais de uma unidade da companhia.

Conhecimentos avançados sobre o mercado, negócios, análise de dados e gestão de riscos são imprescindíveis para que ele tenha sucesso nessa fase.

Por fim, o gestor de grupo passa a ser o administrador ou CEO da empresa.

Para tanto, deve ter os valores extremamente alinhados aos da organização, tornando-se seu principal representante e responsável por ações em âmbito global.

Execução: a Disciplina Para Atingir Resultados (2004)

Neste best-seller, Charan e Larry Bossidy falam sobre os três processos-chave para o bom funcionamento de qualquer negócio: unir pessoas, estratégia e operações.

Pessoas devem ser observadas, receber treinamento e oportunidades para que ocupem o melhor lugar, considerando seus talentos.

Essa dinâmica precisa ser alinhada à estratégia e às operações da empresa, o que faz parte das responsabilidades dos gestores.

Em outras palavras, as lideranças podem e devem se envolver com os demais níveis hierárquicos da companhia para que disseminem sua visão através do diálogo e da transparência.

Assim, os funcionários terão clareza sobre o que se espera deles, metas e resultados, ajudando na construção de companhias saudáveis e realistas.

Know-How – As 8 Competências Que Separam os Que Fazem dos Que não Fazem (2007)

Esta obra enfatiza as perguntas que lideranças precisam se fazer diariamente, avaliando se o negócio é rentável, se satisfaz necessidades e desejos do cliente e quais pontos requerem aprimoramento.

Nesse contexto, Charan elenca 8 competências essenciais para os gestores:

  1. Saber posicionar a empresa
  2. Ligar pontos desconexos
  3. Moldar o ambiente de trabalho
  4. Avaliar de forma correta as pessoas
  5. Unir a equipe
  6. Alcançar bons resultados
  7. Estabelecer prioridades
  8. Lidar com as pressões externas.

O Líder Criador de Líderes (2008)

De olho na demanda crescente por novas lideranças, o autor propõe uma metodologia diferenciada e prática para formar sucessores na gestão.

A fim de acelerar o desenvolvimento de competências, líderes em altas posições podem propor atividades desafiadoras para seus liderados, incentivando a criatividade e a autocorreção para melhorar a performance.

Conclusão

Ao longo deste artigo, abordamos as realizações, ensinamentos, frases marcantes e livros populares de Ram Charan.

Suas décadas de vivência e estudos sobre negócios foram convertidas em lições valiosas, que servem como bússola para nortear uma carreira de sucesso.

O guru Ram Charan será nosso professor em alguns dos cursos online da FIA (https://www.fiaonline.com.br/). Não perca a oportunidade de ser aluno do Ram Charan!

Faltou alguma reflexão importante? Escreva abaixo, no espaço para comentários.

Acesse o blog da FIA para aprofundar os conhecimentos sobre outras personalidades nas áreas de administração, gestão de empresas e pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *