Share, , Google Plus, Pinterest,

Posted in:

Chefe e líder: diferenças, atitudes e como liderar

chefe líder diferenças atitudes
Rate this post

Quantas vezes você já viu em publicações nas redes sociais aquelas ilustrações que demonstram as diferenças entre chefe e líder?

Provavelmente, muitas, não é mesmo? Algumas são tão bem elaboradas que sequer precisam de palavras para acertar em cheio e provocar a reflexão.

Essa discussão, de fato, não é nova. Contudo, parar um pouco para pensar e se autoavaliar é sempre válido.

Para começar a jornada, tenha em mente esta frase norteadora de Ralph Waldo Emerson: “Suas atitudes falam tão alto que não consigo ouvir o que você diz”.

Para diferenciar líderes e chefes, então, é preciso observar as suas atitudes, compreendendo que falar e praticar são ações distintas.

As novas gerações têm cobrado cada vez mais coerência nesse sentido – e eles estão certos em fazer isso.

Afinal, ficou no passado o tempo da geração movida ao “Faça o que eu mando, mas não faça o que eu faço!”.

Em resposta, a liderança também deve evoluir.

Como esse pensamento pode estar enraizado na cultura da empresa, ou das gerações anteriores ali presentes, é necessário compreender mais a fundo a diferença entre os dois conceitos.

Assim, além de poder se autoavaliar, você vai compreender melhor as pessoas ao seu redor.

É disso que trata este artigo que preparamos para você.

Confira os tópicos que vai conferir ao longo da leitura:

  • Qual a diferença entre chefe e líder?
  • Principais características de um chefe
  • Principais características de um líder
  • Quais os benefícios de ser um líder
  • Tipos de liderança
  • Teste: saiba se você é um líder ou um chefe
  • 13 passos para você se tornar um líder de sucesso.

O assunto é de seu interesse? Então, não deixe de acompanhar até o final.

chefe lider qual a diferença

Qual a diferença entre chefe e líder?

Para começar, uma distinção importante deve ser feita: todos os chefes possuem posição hierárquica de liderança. Entretanto, nem todos os líderes ocupam esses cargos formalmente.

A história nos mostra grandes líderes, como Martin Luther King, que nunca ocuparam posições hierárquicas formais.

Contudo, sua capacidade de influenciar pessoas foi responsável por torná-los diferenciados.

O que aproxima chefes de líderes é que ambos lidam com pessoas.

E pessoas são seres complexos, que podem responder à mesma situação das mais variadas formas, de acordo com seu modelo mental.

É nesse ponto que acabam as similaridades, pois chefes e líderes agem de formas bem diferentes com as pessoas.

O líder é aquele que inspira, que consegue enxergar e extrair o potencial de cada membro de sua equipe.

Ele promove um bom ambiente de trabalho, estimula o aprimoramento de sua equipe, busca o seu autodesenvolvimento e sabe que o sucesso de um é o sucesso de todos.

Costuma encarar os seus erros e os dos outros como oportunidades de aprendizado e crescimento.

Também sabe ser firme, mas sem perder a gentileza e o respeito por todos ao seu redor.

Por sua vez, o chefe gosta de dar ordens e de ser obedecido.

Ele é alguém que aprecia status e poder nas organizações e os exerce plenamente.

Muitas vezes, chefes são centralizadores e controladores. Podem ser adeptos do mantra “Manda quem pode, obedece quem tem juízo”.

Como você deve imaginar, isso cria um ambiente de trabalho pouco acolhedor.

A atmosfera hostil pode até gerar resultados no curto prazo, mas ele não se sustenta.

A médio e longo prazo, as pessoas tendem a se sentir pouco valorizadas, comprometendo sua performance individual.

chefe líder principais características

Principais características de um chefe

De modo geral, o chefe é conhecido no ambiente corporativo por ser temido pelos comandados.

Nos momentos de sucesso, ele até apoia sua equipe, embora possa tomar o resultado como mérito exclusivo seu.

Contudo, em momentos de crise, tende a responsabilizar cada um por seus atos – tudo para evitar que algo ruim respingue em sua trajetória.

Por isso, em seu caminho para o sucesso, costuma deixar um rastro de conflitos entre os membros das equipes, promovendo ambientes tóxicos, com competição desmedida.

Chefes são também pessoas centralizadoras que sentem muita insegurança.

Enxergam os funcionários como concorrentes ao cargo e não como sucessores para que eles próprios possam crescer.

A postura de chefe encontra terreno fértil em empresas com estrutura organizacional linear, que preza pelo comando e controle.

Entretanto, o chefe é uma figura que tende a se tornar cada mais rara – e até repudiada – nas empresas nos próximos anos.

Quanto mais elas focam nos clientes, menos espaço os chefes convencionais e obsoletos terão.

Principais características de um líder

Existe uma série de características comuns aos bons líderes, sendo muito útil observá-las.

Líderes são otimistas, sem deixar de ter os pés no chão. E por saberem que as coisas irão acontecer e dar certo, buscam soluções incansavelmente.

Já ouviu a metáfora do meio copo cheio ou vazio? Pois bem, o líder sempre enxergará o copo meio cheio.

Outra característica marcante nos líderes é sua capacidade de ouvir e de ser empático.

Bons líderes exercitam a escuta ativa diariamente e, através dela, exercem a empatia de forma mais assertiva.

Assim, criam conexão com as pessoas e sabem em quais pontos devem focar para estimulá-las a avançar na direção certa.

Vale dizer ainda que líderes são corajosos.

E da mesma forma que se abrem para o novo e dizem sim a experiências até então inéditas, também sabem dizer não sem receio.

Sua coragem na tomada de decisão mostra como enfrentar os pré-conceitos e desafiar o status-quo.

Tudo isso em prol de um ambiente saudável e mais alinhado com os valores da empresa.

Líderes também possuem compreensão da importância de serem gratos.

Isso significa saber elogiar, reconhecer, dar feedback e estimular sua equipe a alçar novos voos.

Lendo todas essas características, pode até parecer que ser líder é algo meio etéreo, não é? Mas não se assuste, pois essas são as características predominantes.

Afinal de contas, líderes estão sempre em um processo contínuo de aprendizado.

Eles são humildes o suficiente para reconhecer que não sabem tudo e buscam se desenvolver continuamente tanto em soft skills quanto em hard skills.

chefe líder quais os benefícios

Quais os benefícios de ser um líder

São muitos os benefícios de um líder para uma empresa.

Para começar, ele promove um ambiente acolhedor de negócios e o desenvolvimento de pessoas.

Isso permite que os liderados se sintam mais confiantes, acreditando que podem testar coisas novas, se aventurando fora da zona de conforto.

Em contrapartida, o próprio líder identifica que pode ir sempre além com suas ideias.

Ele sabe que pode contar com a lealdade e o entusiasmo de sua equipe para apoiá-lo e ajudar na execução de novos projetos.

Nesse contexto, as decisões são tomadas de forma mais participativa e não no estilo top down.

E o propósito do negócio, bem como seus valores, serão vivenciados por todos, ao invés de serem relegados a informação presente em relatórios de investidores e catálogos de clientes.

Enfim, a presença de um líder é decisiva para a criação de um ambiente no qual a confiança mútua permitirá que todos cresçam e exerçam seus talentos e criatividade de forma mais efetiva.

Portanto, a combinação entre líderes e liderados empoderados é muito benéfica para os profissionais e para a empresa.

Ela produz resultados mais exitosos e perenes nas organizações.

chefe lider tipos de liderança

Tipos de Liderança

São muitos os tipos de liderança que podem ser identificados nas organizações.

Mas podemos citar os seguintes como os principais:

  • Liderança Autocrática: muito alinhada com as características que foram elencadas para o chefe. Ou seja, tomada de decisão individual, comportamento controlador e baseado em comandos.
  • Liderança Liberal: é o oposto do autocrático, pois há uma participação mínima do líder. Ele quase não interfere ou controla os trabalhos operacionais do grupo. O cuidado que se deve tomar com essa postura é o de entender o estágio de maturidade na função de cada pessoa da equipe. Para alguns, essa postura poderá ser entendida como falta de suporte ou apoio da liderança
  • Liderança Democrática: nesse tipo de liderança, as decisões são participativas. Tudo é decidido pelo grupo. O líder, então, atua como um facilitador.

Teste: saiba se você é um líder ou um chefe

A partir de tudo o que leu até aqui, entre chefe e líder, com qual perfil você se identificou mais?

Talvez apenas conhecendo as características principais, você possa ter a impressão de que está no caminho certo para ser um líder.

Contudo, há sempre uma distância entre o conceito e as nossas atitudes.

É para ter uma visão mais clara que um rápido teste sempre ajuda.

Que tal ler as questões abaixo e refletir sobre as suas ações com uma resposta sincera?

  • Você procura receber e dar feedbacks para sua equipe frequentemente?
  • Você dá o crédito para as pessoas que realizaram o trabalho, pensando na cadeia como um todo, e não apenas em seus subordinados diretos?
  • Você costuma contratar funcionários com perfis diferentes do seu, mas com propósito em comum?
  • Você costuma ouvir atentamente todos os envolvidos em uma situação de conflito?
  • Você dá abertura para que as pessoas te acessem e troquem ideias dentro e fora da empresa?
  • Você é o primeiro a saber quando algo dá errado?

Essa última questão é primordial

Se os seus colaboradores e pares procuram você para compartilhar uma situação ruim assim que ela acontece, a chance de você ser um líder é grande.

Agora, se você sempre é o último a saber de tudo, já sabe: melhor parar e começar a trabalhar já em seu desenvolvimento de liderança.

Caso queira fazer outro teste online para conferir essas e outras situações, acesse este link e veja se você está ou não no caminho certo para ser um líder.

chefe lider 13 passos para ter sucesso

13 passos para você se tornar um líder de sucesso

Entre chefe e líder, você já identificou que prefere seguir pelo segundo caminho.

Agora, a questão é responder como fazer isso.

Confira abaixo alguns passos importantes que você deve adotar, não necessariamente de forma linear, para evoluir nessa jornada.

1. Demonstre interesse genuíno pelas pessoas

Pode soar até estranho, quiçá engraçado para alguns. Porém, sem essa característica, é impossível ser um bom líder.

Entenda da seguinte forma: líderes devem possuir um vasto repertório de interação com outras pessoas.

Se você tem horror a interações pessoais, pode começar a trabalhar nisso já – ou esquecer a ideia de liderança.

2. Seja empático

Um líder procura ouvir e observar atentamente cada indivíduo.

Então, siga o exemplo e tente compreender as dores, necessidades e desejos daqueles que trabalham com você.

3. Crie conexão

Se você trabalhou bem os dois primeiros pontos, com certeza ganhou a confiança de seus colaboradores e pares.

Com isso, criou conexão.

A conexão gera abertura e fomenta um relacionamento transparente e honesto.

Isso fortalece qualquer líder.

4. Seja o exemplo

Parece até redundante voltar nesse tópico, mas não custa lembrar: suas atitudes falam muito de você.

Quantas vezes você viu um chefe dando sermão sobre um tema, mas, no minuto seguinte, ele fez o oposto do que pregou?

Tem até um ditado popular para isso: casa de ferreiro, espeto de pau.

chefe líder identifique trate conflitos

5. Identifique e trate os conflitos

Ao observar cada indivíduo, você consegue perceber quando há algo estranho ou incomum acontecendo.

O melhor é identificar rapidamente o problema e trabalhar diretamente com os envolvidos.

Lembre-se: assuntos mal resolvidos vão minando gradativamente o ambiente de trabalho.

6. Preze por um ambiente de trabalho saudável

Seguindo na linha do tópico anterior, é importante ter um bom clima organizacional.

Bons líderes são hábeis em manter o equilíbrio entre pressão por resultados versus anseios e dilemas do cotidiano.

7. Ofereça segurança emocional ao time

A humanização da liderança é ainda um desafio dentro das organizações.

Quanto antes você chegar a esse estágio, maior conforto emocional seu time terá.

Isso gera maior segurança nas pessoas e as ajuda a trabalhar com foco e produtividade.

8. Tenha coragem

Como já dito, bons líderes têm coragem e se arriscam – mas de forma calculada.

Eles tomam decisões enquanto todos estão paralisados, quebram paradigmas e exploram novidades.

9. Assuma responsabilidades

Existem assuntos com os quais você não precisa se envolver e deve delegar.

Por outro lado, temas como administração estratégica e gestão de pessoas são de sua responsabilidade.

Esses são indelegáveis, portanto.

10. Seja um facilitador

Faça perguntas abertas, leve seu time à reflexão, deixe-os apresentar soluções, mantenha-os com foco e incentive a participação e interação.

Você só tem a ganhar.

11. Dê abertura e seja flexível

Desapegue de suas crenças e aceite as mudanças.

Tudo isso irá colaborar para que a inovação e a criatividade encontrem espaço na sua equipe.

12. Trabalhe sua inteligência emocional

Se você perde o controle mediante um cenário de crise, cartão vermelho!

Independente do cenário, líderes devem buscar o autocontrole para poder trabalhar soluções com sua equipe.

Difícil? Pode até ser, mas a partir de técnicas como o mindfulness, você pode encontrar as respostas – e a tranquilidade – que procura.

13. Trabalhe com metas e estratégias claras

Para não ser pego facilmente por surpresas, planejamento é fundamental.

O cenário pode mudar, imprevistos podem tentar lhe surpreender, mas tenha sempre acordadas diretrizes que sirvam de norte para o time, mesmo quando situações extremas ocorrerem.

chefe lider conclusão

Conclusão

Neste artigo, apresentamos as semelhanças, diferenças e características de chefe e líder no comando de equipes de trabalho.

Após todas as informações e dicas que conferiu, você está mais bem preparado para identificar o caminho a seguir para ser um bom líder.

Como já dizia John Calvin Maxwell, “liderança não é sobre títulos, cargos ou hierarquias. Trata-se de uma vida que influencia outra”.

E isso não é fácil: requer dedicação, esforço diário, resiliência e paixão.

Agir no automático e vencer pela hierarquia no dia a dia pode ser mais prático e rápido.

Porém, a reflexão necessária é que tipo de empresa você quer trabalhar? Que tipo de pessoas quer conviver boa parte do seu dia?

Você espera contar com um time motivado, engajado e de alta performance ou um grupo desanimado, sem energia e com baixa produtividade?

Sua resposta é fundamental nessa decisão.

Ao decidir ser um líder, você abre caminho para se diferenciar. Até por que de chefes ultrapassados o mundo ainda está cheio.

Quer se aprofundar no tema? Conheça alguns cursos que a Fundação Instituto de Administração (FIA) oferece para a sua especialização:

Aproveite para deixar seu comentário abaixo e compartilhar o artigo em suas redes sociais.

Se ficou com alguma dúvida ou deseja mais informações, entre em contato conosco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *