Share, , Google Plus, Pinterest,

Posted in:

Responsabilidade Social: o que é, importância e exemplos

responsabilidade social o que é importância exemplos
3.8 (75%) 8 votes

A responsabilidade social ocupa cada vez mais espaço na agenda das empresas – e há boas razões para que isso aconteça.

A principal delas, talvez, aponte para o próprio mercado, hoje movido por um consumidor cada vez mais exigente.

Na hora de escolher um produto ou serviço, ele não observa mais apenas a qualidade e o seu preço, mas espera que sejam oferecidos por marcas sérias e comprometidas com a sociedade.

Não por acaso, quem adota práticas minimamente duvidosas vai para o fim da fila na preferência de compra.

E é natural que isso aconteça, já que o consumidor moderno não apenas se mostra mais bem informado, como também conta com inúmeras opções para satisfazer as suas necessidades e interesses.

Não resta dúvidas, portanto, de que gestores e líderes precisam de muito tato na condução de seus negócios e na imagem que constroem dele.

Para atender seus públicos, as empresas devem desenvolver ações que enalteçam a sua preocupação com responsabilidade social.

Mas como fazer isso? E o que é, de fato, ser socialmente responsável?

Neste artigo, vamos tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto e apontar caminhos para alcançar esse objetivo.

Conheça o que é a responsabilidade social aplicada ao universo dos negócios e veja, ainda, o motivo de ela ser tão importante nos dias atuais.

Se preferir, navegue pelos tópicos abaixo:

  • O que é responsabilidade social?
    • O que é responsabilidade social e ambiental nas empresas?
  • Tipos de responsabilidade social
    • Responsabilidade Social Corporativa (RSC)
    • Responsabilidade Social Empresarial (RSE)
    • Responsabilidade Social Ambiental (RSA)
  • Por que a responsabilidade social é importante para as organizações?
  • Quais são as características essenciais da responsabilidade social?
  • Quais são as responsabilidades sociais de uma empresa?
  • O que é política de responsabilidade social?
  • 6 exemplos de responsabilidade social para empresas.

Boa leitura!

responsabilidade social o que é
A responsabilidade social é algo que os consumidores cada vez mais cobram

O que é responsabilidade social?

Responsabilidade social (RS) é um conceito que engloba as ações voluntárias de empresas que atuam em benefício do seu público, tanto interno quanto externo.

As organizações socialmente responsáveis são aquelas que repensam suas posturas, comportamentos e condutas atuais e, dessa forma, se estruturam para colocar em prática atitudes que promovam o bem-estar dos envolvidos.

Dentre essas ações, estão aquelas voltadas para o benefício da sociedade e também do meio ambiente.

Embora o crescente interesse pelo assunto, ele não é exatamente novo.

Já faz quase 20 anos que a responsabilidade social entrou na pauta dos negócios.

Em 2001, na cidade de Bruxelas, na Bélgica, a Comissão das Comunidades Europeias elaborou o chamado Livro Verde.

O documento registra o objetivo da comissão, que é “promover um quadro europeu para a responsabilidade social das empresas.”

Nele, há um aprofundamento interessante sobre o que são as ações de RS.

Observe:

Ser socialmente responsável não se restringe ao cumprimento de todas as obrigações legais – implica ir mais além através de um ‘maior’ investimento em capital humano, no ambiente e nas relações com outras partes interessadas e comunidades locais.

Dessa maneira, empresas que buscam ser socialmente responsáveis devem fazer mais do que manda a obrigatoriedade prevista em lei.

Assim, a essência da responsabilidade social está em adotar atitudes benéficas e proativas para a sociedade e o meio ambiente.

O que é responsabilidade social e ambiental nas empresas?

Toda organização está inserida em um ambiente. E não está isolada.

Dessa forma, interage com fornecedores, clientes, comunidade, parceiros, meio ambiente, governos, entre outros agentes, direta ou indiretamente interessados em suas ações.

Nessa troca de interesses, produtos e serviços, materiais e recursos financeiros, ela tem perdas e ganhos.

Quanto mais prejudicado estiver o meio em que a empresa faz parte, mais difíceis serão as suas interações com o ambiente.

A lógica contrária também é verdadeira.

Ou seja, as boas condições para a sociedade e para o meio ambiente como um todo refletem em mais e melhores oportunidades de negócio.

Portanto, uma empresa que cria ações de responsabilidade social e ambiental promove um espaço muito mais saudável para trocas de experiências em meio aos seus negócios.

Vale observarmos a definição do Ministério do Meio Ambiente sobre o que é responsabilidade socioambiental:

Está ligada a ações que respeitam o meio ambiente e a políticas que tenham como um dos principais objetivos a sustentabilidade. Todos são responsáveis pela preservação ambiental: governos, empresas e cada cidadão.

Assim, ao elaborar ações social e ambientalmente responsáveis, a empresa compreende que também é seu dever promover a preservação da sociedade e do meio ambiente.

responsabilidade social tipos
A responsabilidade ambiental é só uma parte do conceito

Tipos de responsabilidade social

As demandas para uma sociedade e meio ambiente mais equilibrados são muitas.

Especialmente em um cenário complexo e com exigências variadas, as ações para beneficiá-los podem tomar diversas frentes.

É dessa maneira que surgiram três tipos de responsabilidade social:

  • Responsabilidade Social Corporativa (RSC)
  • Responsabilidade Social Empresarial (RSE)
  • Responsabilidade Social Ambiental (RSA).

Vamos trazer detalhes sobre cada um deles.

Responsabilidade Social Corporativa (RSC)

A RSC representa o compromisso contínuo da empresa com seu comportamento ético e com o desenvolvimento econômico.

Para isso, promove, ao mesmo tempo, a melhoria da qualidade de vida de sua força de trabalho e de suas famílias, da comunidade local e da sociedade.

No geral, cria estratégias e ações diretamente relacionadas ao seu ambiente de negócios.

Responsabilidade Social Empresarial (RSE)

O conceito de RSE é bem parecido com o de RSC.

No entanto, além de desenvolver a responsabilidade social para os diretamente envolvidos no negócio, ela amplia seu campo de atuação.

Dessa forma, a Responsabilidade Social Empresarial elabora campanhas e planejamentos que beneficiam os stakeholders (todos os grupos interessados na empresa) e a sociedade em geral.

Responsabilidade Social Ambiental (RSA)

Já RSA pode ser considerada uma das maneiras mais atuais e completas de ser socialmente responsável.

Assim, uma empresa que cria um plano de RSA tem ações bem claras e específicas para beneficiar a sociedade e o meio ambiente.

Portanto, os três tipos de RS podem ser aplicados em diferentes instituições empresariais.

responsabilidade social por que importante para as organizacoes
Além de uma questão moral, ter noção de sua responsabilidade é bom para os negócios

Por que a responsabilidade social é importante para as organizações?

Como lembramos no início deste artigo, os consumidores estão cada vez mais exigentes quanto ao posicionamento das empresas.

E como não poderia deixar de ser, quem se mostra socialmente responsável pula na frente da concorrência.

Sobre esse aspecto, vale destacar alguns números apurados por uma pesquisa global da Nielsen.

Três levantamentos diferentes, realizados por três anos consecutivos, identificou a crescente preferência do público por empresas comprometidas com um impacto social e ambiental positivo.

No primeiro resultado, relativo a 2013, 50% dos entrevistados se disseram dispostos a pagar mais por produtos e serviços que vêm dessas marcas. Em 2014, eles eram 55%. Um ano depois, um salto para 66%.

Observe, com isso, que o consumidor moderno não aceita apenas o discurso de organizações que se denominam éticas, mas prioriza aquelas que, de fato, colocam a responsabilidade social em prática.

Desse modo, pensar e elaborar estratégias e ações de RS é uma necessidade para empresas que querem se manter competitivas no mercado.

Outra pesquisa que vale ser citada foi realizada pelo Instituto Akatu.

Batizada de “Barreiras e Gatilhos para o Comportamento Sustentável do Consumidor” ela concluiu que os consumidores dão maior valor às “empresas que cuidam das pessoas, envolvendo os funcionários, os deficientes físicos e a comunidade.”

Na pesquisa, cinco ações receberam destaque por parte dos compradores:

  • Atuar no combate ao trabalho infantil
  • Tratar funcionários da mesma forma, independentemente de raça, religião, sexo, identidade de gênero ou orientação sexual
  • Investir em programas de contratação de pessoas com deficiência
  • Contribuir para o bem-estar da comunidade onde está localizada
  • Oferecer boas condições de trabalho.
responsabilidade social quais são caracteristicas essenciais
Quando se trata de responsabilidade da empresa, há o olhar interno e o externo

Quais são as características essenciais da responsabilidade social?

Segundo o Livro Verde, as empresas que querem desenvolver estratégias e ações sociais podem seguir por duas dimensões: uma interna e outra externa.

É sobre cada uma delas que vamos falar agora.

Acompanhe!

Responsabilidade social das empresas: a dimensão interna

Confira o que envolve a chamada dimensão interna da responsabilidade social nas empresas:

  • Gestão dos recursos humanos: atrair novos trabalhadores qualificados, incluindo minorias
  • Saúde e segurança no trabalho: promover a saúde de seus colaboradores, para além de obrigações legais
  • Adaptação à mudança: mesmo com as rápidas mudanças globais recentes, levar em conta o interesse de todos os envolvidos em uma reestruturação dos negócios
  • Gestão do impacto ambiental e dos recursos naturais: avaliar e reduzir o impacto ambiental do uso de recursos naturais pela empresa.

Responsabilidade social das empresas: a dimensão externa

Agora, vamos pontuar os principais elementos da dimensão externa da responsabilidade social nas empresas:

  • Comunidades locais: promover a boa integração da empresa com a comunidade em que está inserida
  • Parceiros comerciais, fornecedores e consumidores: encontrar soluções para a boa relação entre os envolvidos
  • Direitos Humanos: gerar um compromisso permanente com o cumprimento dos direitos humanos.
  • Preocupações ambientais globais: pensar globalmente as questões de cunho ambiental e avaliar como reduzir danos à natureza.

É importante compreender que uma organização que desenvolve planos e ações de responsabilidade social pode agir de maneira global ou pontual.

Isso significa que mesmo pequenas e médias empresas podem contribuir com a sociedade, ainda que em causas mais específicas.

responsabilidade social quais são de uma empresa
Pensar na sustentabilidade e a relação com a comunidade são dois exemplos clássicos

Quais são as responsabilidades sociais de uma empresa?

As empresas têm como principal objetivo a geração de lucros.

E não há nada de errado nisso, já que sócios, acionistas e empreendedores buscam retorno sobre seus investimentos.

Mas, no atual cenário de rápidas mudanças tecnológicas, sociais, políticas e ambientais, faz-se urgente que os empreendimentos atuem para além dessa expectativa.

Os consumidores buscam por organizações que vendam produtos e serviços que afetem o mínimo possível o meio ambiente e a sociedade.

Assim, saem na frente as marcas que conseguem promover a responsabilidade socioambiental enquanto entregam sua oferta.

Mas como isso acontece na prática? Afinal, quais são as responsabilidades sociais de uma empresa?

Fazer um recrutamento responsável e zelar pela saúde de seus colaboradores está entre elas.

Além disso, adaptar-se às mudanças de mercado, promovendo o bem-estar dos funcionários, também é importante.

Por fim, reduzir ao máximo o impacto ambiental em toda a sua cadeia produtiva é importante para uma empresa que promove a RS.

Considerando, ainda, que ela está em um ambiente com o qual interage constantemente, é preciso analisar a responsabilidade socioambiental com o público externo.

Dessa maneira, a organização estabelecerá relacionamentos saudáveis com a comunidade, parceiros comerciais, fornecedores e consumidores.

Por fim, desenvolverá um plano de RS que englobe direitos humanos e formas para minimizar os problemas ambientais globais para os quais a empresa contribui.

responsabilidade social o que é politica
Empresas grandes colocaram no papel a forma como pensam e agem para cumprir seu papel na sociedade

O que é política de responsabilidade social?

Analisado o cenário e como a empresa pode agir beneficamente sobre ele, cria-se, então, a política de responsabilidade social.

Ela irá documentar as estratégias de RS que a organização pretende desenvolver.

Além disso, torna transparente para o público interno e externo como a organização pretende agir em situações específicas.

Por fim, ela dá as diretrizes para que todos os colaboradores atuem de determinada maneira.

Se você está em busca de exemplos de política de responsabilidade social, dê uma olhada nos links abaixo e confira o que estabelecem algumas das grandes empresas do país:

responsabilidade social 6 exemplos para empresas
O impacto ambiental de empresas é um assunto cada vez mais comentado e precisa ser discutido

6 exemplos de responsabilidade social para empresas

Até aqui, vimos que a RS é uma prática realizada por organizações a fim de trazer benefícios sociais e ambientais para sua comunidade interna e externa.

Atualmente, as empresas que têm políticas socioambientais ganham destaque entre os consumidores – que, como já dissemos, estão cada vez mais exigentes.

Para avançarmos no tema, listamos abaixo algumas ações práticas de responsabilidade social realizadas no país.

Confira!

1. Investimentos em saúde e segurança do trabalhador

Existem obrigações legais que toda empresa deve acompanhar sobre saúde e segurança do colaborador.

Mas, ao promover ações de forma voluntária, que proporcionem um ambiente mais seguro para o trabalhador, a organização está colocando em prática a responsabilidade social.

A montadora Volkswagen do Brasil investiu cerca de R$ 150 milhões na fábrica Anchieta, em São Bernardo do Campo, São Paulo, com esse objetivo.

Neste texto apresentado por Adriana Guillaumon Teixeira Pinto à Universidade Federal do Paraná, consta uma declaração interessante de Milton Spadari, supervisor de segurança do trabalho da Volkswagen.

Acompanhe:

O investimento na saúde e na segurança dos nossos trabalhadores é uma das nossas grandes preocupações. Não poupamos recursos para instalar os mais modernos e avançados sistemas existentes no mundo, para prevenir acidentes e preservar a saúde e a segurança dos nossos funcionários.

Dessa forma, promover um local mais seguro e com profissionais com melhores condições de saúde é uma ação de RS que reflete na qualidade de vida dos funcionários.

Além disso, com menos interrupções por causa de doenças e acidentes, a organização consegue manter mais elevados os seus níveis de produtividade.

2. Integração e valorização da comunidade

As empresas estão inseridas em comunidades, sendo uma parte importante delas ao gerar empregos e fonte de renda.

Mas sua atuação não deve parar por aí.

Organizações que buscam um relacionamento mais próximo com o público podem elaborar ações de integração.

Uma forma de gerar benefícios se dá através de iniciativas que contemplem educação, saúde e cultura.

Um bom exemplo vem da Cooperativa Central Aurora Alimentos.

Ela desenvolveu mais de 1.200 atividades por todo o Brasil, com programas como Amigo Energia, Roda de Leitura/Contação de Histórias, Dança, Família é Tudo e Turminha da Reciclagem.

3. Recrutamento responsável e diversidade

Os consumidores buscam empresas que os representem.

Para isso, estão atentos ao corpo de funcionários que constituem as marcas.

É assim que a diversidade tem se tornado um elemento importante na hora da contratação.

Equipes compostas por minorias étnicas, trabalhadores mais idosos, mulheres, desempregados de longa duração e pessoas em situação de desvantagem no mercado de trabalho são algumas ações de responsabilidade social.

A marca O Boticário tem sido um exemplo de responsabilidade social nesse sentido.

Ela diversificou o seu grupo de colaboradores, investindo na captação de deficientes para seu quadro de funcionários.

Destaque também para o incentivo às mamães que fazem parte do seu time, como revela esta reportagem de Exame.

4. Redução do impacto ambiental causado pela atividade empresarial

“Pensar globalmente, agir localmente.” É com essa frase que as organizações vêm colocando em prática ações socioambientais.

Com mudanças e atitudes aparentemente simples, as empresas conseguem reduzir seu impacto ambiental.

Assim, desde diminuir o consumo de água, papel e energia elétrica, até enxugar a matéria-prima da produção, pode ter efeito positivo para o meio ambiente.

Como exemplo, a Sicoob, cooperativa de crédito, recebeu o selo “A” da Procel em uma de suas sedes.

Para isso, instalou 120 painéis fotovoltaicos na cobertura do prédio e, dessa maneira, gera energia limpa.

responsabilidade social promocão dos direitos humanos inclusão social
A responsabilidade social de uma empresa inclui colaboradores e a comunidade em que está inserida

5. Promoção dos Direitos Humanos e Inclusão Social

Como parte importante da comunidade em que está instalada, a empresa deve ir além da obtenção do lucro e da obrigatoriedade legal.

Pode, dessa forma, detectar carências na localidade e elaborar estratégias para supri-las.

Como exemplo, vale citar a Clear Promoções, empresa de trade marketing, que fez parceria com a ONG Amigos do Bem.

Projetos de desenvolvimento local e inclusão social, erradicando a fome e a miséria, estão na pauta.

Veja o que diz Renato Ferreira da Silva, gerente de marketing da Clear Promoções:

“Acreditamos que uma boa empresa deve dar exemplo de engajamento social e preocupação com as necessidades mais prementes dos cidadãos, cuidar para que sejamos exemplos perante o empresariado.”

6. Apoio a causas sociais

Além de elaborar planos que tenham como público os colaboradores e a comunidade local, a empresa pode ampliar sua área de atuação.

Dessa forma, a organização vai atrás de causas maiores e que sejam de interesse de toda a sociedade, como saúde, educação, preservação do meio ambiente e outros.

A Estrela, fabricante de brinquedos, por exemplo, envolveu-se com projetos de suporte a pessoas com câncer.

Essa é uma preocupação antiga da empresa.

Em 2001, por exemplo, lançou uma versão da boneca Susi (chamada de Susi Inventando Moda), em ação de parceria com o Instituto Brasileiro de Controle do Câncer (IBCC).

Parte dos valores da venda do brinquedo foram revertidos para o IBCC, como noticiou a Folha de S. Paulo na época.

Conclusão

Toda empresa tem deveres legais que deve cumprir.

Mas aquelas que pretendem se destacar em meio a um mercado tão competitivo, precisam ir além das obrigações.

Assim, as organizações vêm elaborando e colocando em prática ações de responsabilidade social.

É um esforço que se materializa em ações diversas, como a inclusão social e a redução de impactos ambientais.

Como vimos neste artigo, a responsabilidade social é uma forma de a empresa proporcionar à comunidade da qual faz parte e a si mesma um ambiente melhor, tanto no presente quanto no futuro.

E você, o que pensa a respeito?

Deixe seu comentário e aproveite para compartilhar o texto em suas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *