Share

Linguagem de programação: conheça as mais utilizadas no mundo

01 de novembro 2023, 16:00

Jovem estudante aprendendo sobre os diferentes tipos de linguagem de programação

A linguagem de programação está presente em nossas vidas todos os dias, mesmo quando a maioria das pessoas nem se dá conta disso.

Os aplicativos que usamos em nossos celulares, por exemplo, dependem dela para realizar suas funções.

O mesmo vale para os softwares que utilizamos em nossos computadores, jogos eletrônicos e outros tipos de plataformas digitais.

Existem diversos tipos de linguagem de programação no mercado, cada um com suas características.

Vamos apresentar os principais ao longo deste texto, especialmente indicado para quem pretende trabalhar com tecnologia.

Acompanhe até o final para entender o conceito e conhecer as principais linguagens de programação.

Afinal, o que é uma linguagem de programação?

Uma linguagem de programação é um sistema de comunicação entre humanos e computadores, permitindo que programadores criem algoritmos e instruções para executar tarefas específicas.

Ela possibilita criar uma sintaxe estruturada e regras que os desenvolvedores seguem para escrever código compreensível pelo computador.

As principais linguagens de programação são usadas para criar softwares, sites e aplicativos, traduzindo a lógica humana em comandos para a máquina.

Elas variam em complexidade, paradigmas e finalidades, mas em última análise, capacitam a automação de tarefas, resolução de problemas e o próprio desenvolvimento de tecnologia.

Quais são os níveis de linguagem de programação?

Depois de ver o que é linguagem de programação, vale esclarecer que ela pode ser categorizada como de alto ou baixo nível.

As de alto nível apresentam uma estrutura que se assemelha mais à linguagem humana.

Elas usam, por exemplo, termos como “alt”, que instruem o programa a alternar algum termo ou função.

Já as linguagens de baixo nível empregam comandos mais complexos, representadas por código binário, baseado em 0 e 1.

Sua principal característica é ser de mais rápida compreensão por parte da máquina.

Não existe um nível melhor ou pior.

A aplicação correta dos diferentes tipos de linguagem de programação depende dos objetivos e do quão ágil ou detalhada ela precisa ser.

Principais tipos de linguagens de programação

Assim como existem incontáveis idiomas humanos, há também diferentes tipos e exemplos de programação.

Como veremos na sequência, cada uma delas atende a um propósito — algumas até mais de um —, sendo indicadas para fins específicos.

Conheça agora as principais linguagens de programação:

Python

Python é uma das linguagens de programação de alto nível, conhecida pela sua sintaxe simples.

É interpretada, o que significa que o código é executado linha a linha por um interpretador.

Por isso, é considerada uma linguagem versátil e amplamente usada em várias aplicações por sua simplicidade e facilidade de aprendizado.

É usada em desenvolvimento web, por meio de frameworks como Django e Flask, análise de dados, com bibliotecas como NumPy e pandas, automação de tarefas, inteligência artificial e muito mais.

JavaScript

Por sua vez, o JavaScript é uma linguagem de programação de script que roda no navegador do usuário, essencial para o desenvolvimento web.

É usada para se comunicar com navegadores web, permitindo a interação dinâmica com sites.

Ela adiciona interatividade às páginas, possibilitando a criação de aplicativos, jogos e recursos dinâmicos.

Com o Node.js, também pode ser usado no lado do servidor, tornando-o uma opção versátil para desenvolvimento web full-stack.

Java

O código Java é uma das principais linguagens compiladas de programação que usa a máquina virtual Java (JVM) para rodar o código-fonte, que por sua vez é compilado em bytecode.

Conhecido por sua portabilidade e segurança, é amplamente usado em desenvolvimento de aplicativos de desktop, desenvolvimento Android e em sistemas empresariais.

PHP

Enquanto o Javascript e o Java operam na interface com o usuário, o PHP é uma linguagem de script do lado do servidor.

Ou seja, o código PHP é interpretado no servidor web antes de ser enviado para o navegador do usuário.

A linguagem PHP é uma linguagem de programação particularmente eficaz para a criação de sites dinâmicos e sistemas de gerenciamento de conteúdo (CMS) como o WordPress e aplicativos web.

CSS

Cascading Style Sheets, ou CSS, é uma linguagem de estilo que funciona em conjunto com HTML para controlar a apresentação visual de elementos em uma página da web.

Ela define propriedades como cores, fontes, espaçamento e layout.

Por isso, é essencial para o design de páginas da web e para que os desenvolvedores controlem a formatação de elementos HTML, tornando os sites mais atraentes e usáveis.

Também é usada em combinação com outras linguagens para criar páginas web responsivas e adaptáveis a diferentes dispositivos.

C++

A linguagem de programação C++ combina recursos de programação orientada com objetos de programação procedural.

Ela é compilada, o que significa que o código é traduzido em linguagem de máquina antes da execução.

Um dos seus usos mais frequentes é no desenvolvimento de software de sistemas, jogos, aplicativos de desktop e em sistemas embarcados.

Ruby

Linguagem de programação dinâmica e de alto nível, a Ruby também é interpretada, sendo conhecida por sua sintaxe legível e flexibilidade.

Por isso, é frequentemente usada no desenvolvimento web, principalmente com o framework Ruby on Rails.

Além do desenvolvimento web, Ruby é usada em automação de tarefas e scripting.

Swift

Uma curiosidade da linguagem de programação Swift é ter sido desenvolvida pela Apple para o desenvolvimento de aplicativos iOS, macOS, watchOS e tvOS.

Swift é uma linguagem compilada, usada principalmente para criar aplicativos para dispositivos da marca fundada por Steve Jobs.

Go

Colaborador aplicando uma das principais linguagens de programação em seu notebook
Go é uma linguagem de programação utilizada no desenvolvimento de sistemas

Também conhecida como Golang, Go é uma linguagem de programação de código aberto desenvolvida pelo Google.

Assim como a Swift, é uma linguagem compilada amplamente utilizada no desenvolvimento de sistemas de alta performance, servidores web, e aplicativos de rede.

Sua concorrência nativa e facilidade de uso a tornam uma escolha atraente para projetos que exigem processamento concorrente, como servidores de aplicativos e serviços em tempo real.

Rust

Rust é uma linguagem de programação de sistema de código aberto que se concentra na segurança e desempenho.

Ela utiliza um sistema de gerenciamento de memória inovador que combina segurança com controle de baixo nível.

É particularmente empregada em aplicativos que priorizam a segurança e o desempenho, como sistemas operacionais, desenvolvimento de jogos, sistemas embarcados e software crítico para segurança.

Enfim, é ideal para projetos nos quais as falhas podem ter sérias consequências.

TypeScript

TypeScript é uma linguagem de programação de código aberto desenvolvida pela Microsoft.

Ela é uma extensão do JavaScript e é compilada para JavaScript, adicionando a essa linguagem tipos estáticos, o que aumenta a sua segurança.

Por essa e outras razões, é amplamente usada no desenvolvimento web para criar aplicativos front-end e back-end.

Além disso, é frequentemente usada com frameworks como o Angular.

Kotlin

Escolha popular para o desenvolvimento Android, a linguagem Kotlin também é usada em desenvolvimento web, aplicativos de desktop e servidores, sendo conhecida por sua concisão e legibilidade.

Sua interoperabilidade com o Java a torna uma escolha prática para desenvolvedores que desejam aproveitar esse ecossistema e aumentar a produtividade.

Trata-se de uma linguagem de programação de código aberto desenvolvida pela JetBrains, compilada para bytecode Java.

Perl

Conhecida por sua ênfase na manipulação de strings e expressões regulares, a linguagem Perl permite realizar tarefas de programação complexas com poucas linhas de código.

Por isso, é um código usado em automação de tarefas, processamento de texto, análise de dados e criação de scripts de servidor.

É especialmente valiosa em ambientes Unix e Linux, onde é usada para realizar operações em arquivos, processar logs e automatizar rotinas administrativas.

R

A linguagem R usa código aberto e um ambiente de software para cálculos estatísticos e análise de dados.

Trata-se de um código interpretado, amplamente utilizado para modelagem estatística em ciência de dados.

É uma escolha popular para visualização de dados e experimentação, amplamente usada por profissionais das áreas de pesquisa e negócios para obter insights a partir de conjuntos de dados complexos.

MATLAB

Diferentemente dos outros códigos, o MATLAB é um ambiente de programação, embora seja também uma linguagem interpretada, voltada para cálculos numéricos e análise de dados.

É bastante conhecido por sua vasta biblioteca de funções matemáticas, usado em engenharia, física, matemática e ciências aplicadas em geral.

Por isso, é uma escolha comum em ambientes acadêmicos e industriais.

Scala

Linguagem de programação compilada de alto nível, a Scala se baseia na Java Virtual Machine (JVM), com recursos de programação orientada a objetos.

Assim como outras linguagens, é mais utilizada em desenvolvimento web, especialmente com o framework Play.

Também é aplicada em sistemas distribuídos e paralelos devido à sua capacidade de escalabilidade.

Sua interoperabilidade com Java a torna uma escolha atraente para empresas que já usam essa plataforma.

Lua

Lua é uma linguagem de script interpretada, projetada para ser leve e incorporável a outros programas.

Sua simplicidade e desempenho a tornam ideal para incorporação em software, utilizada principalmente como linguagem de script em jogos, aplicativos embutidos e sistemas de automação.

É a linguagem de programação de vários jogos populares, como o World of Warcraft, sendo empregada para criar extensões e mods.

Dart

Também criado pelo Google, o código Dart é uma linguagem de alto nível, compilada para código nativo ou interpretada por meio do ambiente Dart VM.

Apresenta uma sintaxe semelhante a outras linguagens, tornando-a relativamente fácil de aprender.

Tornou-se conhecida por ser a linguagem principal para o desenvolvimento de aplicativos móveis com o framework Flutter e para criar aplicativos multiplataforma, incluindo iOS, Android e web.

COBOL

Mulher estudando sobre as linguagens de programação
Principais linguagens de programação para processamento de dados empresariais

Common Business-Oriented Language, ou COBOL, é uma linguagem de programação de alto nível projetada para o processamento de dados empresariais.

Informalmente, é considerado um código de programadores “raiz”, até por ser antigo, originalmente desenvolvido no final da década de 1950.

Ainda hoje, é especialmente aplicado em instituições financeiras, governamentais e grandes corporações, onde a confiabilidade e a manutenção de sistemas antigos são essenciais.

Fortran

Formula Translation, mais conhecida como Fortran, é uma linguagem de programação compilada de alto nível voltada para cálculos numéricos e científicos com uma longa história.

É uma das linguagens mais antigas ainda em uso, bastante difundida em segmentos como engenharia, física, química e ciências naturais para a modelagem matemática e a simulação de sistemas físicos.

Erlang

Erlang é uma linguagem de programação funcional e concorrente, executada em uma máquina virtual Erlang (BEAM).

É projetada para ser altamente escalável e tolerante a falhas.

Por isso, é amplamente usada em sistemas de telecomunicações, servidores de mensagens e sistemas distribuídos.

Sua capacidade de lidar com concorrência a torna uma escolha segura para aplicativos que exigem alta disponibilidade e confiabilidade.

Scheme

Conhecido por sua simplicidade e elegância, o código Scheme é uma linguagem de programação interpretada derivada do Lisp que se concentra em listas encadeadas e recursão.

Ela é usada para explorar conceitos de programação funcional, linguagens interpretadas e estruturas de dados complexas, assim como para o desenvolvimento de sistemas de automação e scripting em ambientes acadêmicos e industriais.

Ada

Linguagem de programação compilada de alto nível desenvolvida para aplicações de sistemas críticos, a Ada é comumente utilizada em sistemas embarcados, sistemas de defesa, aviação e aplicações críticas em que a confiabilidade é fundamental.

Sua forte tipagem estática e ênfase na prevenção de erros fazem dela uma escolha popular para sistemas que envolvem vidas humanas e cibersegurança.

Prolog

Prolog é comumente usada em sistemas de inteligência artificial, processamento de linguagem natural, resolução de problemas de lógica e sistemas especialistas.

Ela é particularmente eficaz em situações onde o raciocínio lógico e dedutivo seja necessário.

F#

F# é uma linguagem funcional e orientada a objetos executada na plataforma .NET.

Ela é compilada para a Common Language Runtime (CLR).

Entre os seus vários usos, destacam-se o desenvolvimento de software, análise de dados e aprendizado de máquina.

É também uma escolha popular para aplicativos financeiros, ciência de dados e desenvolvimento de jogos.

Haskell

Já o código Haskell é amplamente utilizado em pesquisa acadêmica, processamento de linguagem natural, análise de dados e desenvolvimento de compiladores.

Sua ênfase em funções puras e imutabilidade torna esse código ideal para aplicativos que exigem alta segurança e concorrência.

Groovy

Projetos de programação dinâmica e orientada a objetos que rodam na JVM (Java Virtual Machine) podem se valer da linguagem de programação Groovy, comumente usada em desenvolvimento web, scripting, testes automatizados e automação de tarefas.

É uma escolha popular para desenvolvedores que trabalham com Java, em razão da sintaxe mais concisa e dinâmica.

Objective-C

Objective-C é uma linguagem de programação orientada a objetos executada na plataforma Apple, sendo a base para o desenvolvimento de aplicativos iOS e macOS.

É usada principalmente para dispositivos como iPhone, iPad e Mac.

Qual a linguagem de programação mais usada?

Com tantos exemplos de programação, linguagens e usos, fica difícil saber qual desses códigos é o mais usado.

Para sanar essa dúvida existe o índice TIOBE, da Software Quality Company, que mede a concorrência entre as muitas linguagens disponíveis no mercado.

Em outubro de 2023, a linguagem mais popular era o Python, seguida pela C e C++.

De qualquer forma, esse é um índice global e que não contempla as diferenças entre regiões.

No Brasil, a Javascript é a linguagem mais utilizada, seguida por Python e Java.

Como escolher uma linguagem de programação?

Programador utilizando as linguagens de programação em seu trabalho
A linguagem de programação requer um processo contínuo de aprendizado

Muitas linguagens, muitos critérios para escolha.

Para tornar a decisão mais fácil, destacamos abaixo os principais pontos a serem analisados:

  • Popularidade e a comunidade que normalmente a usa
  • Performance e eficiência
  • Expressividade e legibilidade
  • Portabilidade e a compatibilidade com diferentes plataformas e sistemas operacionais
  • Nível de experiência e conhecimento do desenvolvedor
  • Tipo de aplicação que se quer desenvolver: web, desktop, móvel, jogos, etc.
  • Facilidade de aprendizado e de manutenção
  • Disponibilidade de recursos e ferramentas.

Primeiros passos para aprender a programar

A meta de aprender uma linguagem de programação requer um processo contínuo de empenho e dedicação.

Veja o que fazer ao dar os primeiros passos nesse universo:

  • Escolha uma linguagem de programação adequada para iniciantes, como Python ou Scratch
  • Comece com conceitos básicos, como variáveis, estruturas de controle e funções
  • Pratique regularmente, resolvendo pequenos problemas de programação
  • Utilize recursos online, como tutoriais, cursos e fóruns, e leia sobre exemplos de programação para aprender e tirar dúvidas
  • Crie projetos simples para aplicar o que aprendeu
  • Compreenda a lógica por trás do código, em vez de se concentrar apenas na sintaxe
  • Erros são normais, aprenda com eles e depure seu código
  • Participe de comunidades de programadores para compartilhar conhecimento e obter feedback
  • Esteja aberto a desafios e novas tecnologias
  • Mantenha a persistência. A programação pode ser desafiadora, mas a prática constante o aproxima da perfeição.

Qual linguagem de programação aprender primeiro?

Python é, via de regra, a linguagem indicada para iniciantes.

Isso se deve à sua sintaxe simples e legível, o que a torna ideal para quem ainda não tem experiência.

Além disso,é uma linguagem versátil, com suporte robusto e vasta comunidade, o que facilita a jornada de aprendizado.

Conclusão

Dominar uma linguagem de programação é uma competência de grande valor no mercado de TI.

Quanto mais códigos o profissional da área souber trabalhar, mais portas se abrem, até porque, como vimos ao longo deste texto, cada um tem sua própria aplicação.

Agora que você entende o que é linguagem de programação e conhece os seus principais tipos, siga investindo em conhecimento.

Continue lendo os artigos publicados aqui no blog da FIA e mergulhe fundo no universo da tecnologia e do empreendedorismo.

Referências:

https://www.tiobe.com/tiobe-index/

https://tecnoblog.net/noticias/2022/01/24/as-5-linguagens-de-programacao-mais-usadas-no-brasil-segundo-o-github/

https://www.inf.pucrs.br/flash/progbio/aulas/seq/build/progbio/Python.html

https://www.ic.unicamp.br/~lehilton/cursos/1s2020/mc102qr/unidades/03-linguagens-programacao.html

https://repositorio.ufsm.br/handle/1/18352

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEM TEMPO PARA LER AGORA?
Baixar em PDF
Sobre a FIA Business School:

Com um olhar sempre no futuro, desenvolvemos e disseminamos conhecimentos de teorias e métodos de Administração de Empresas, aperfeiçoando o desempenho das instituições brasileiras através de três linhas básicas de atividade: Educação Executiva, Pesquisa e Consultoria.

CATEGORIAS
POSTS EM DESTAQUE
FIQUE POR DENTRO!

Condições de parcelamento

Valor do curso

Valor do curso para empresa parceira

à vista

R$ 42.900,00

R$ 30.030,00

12 x

R$ 3.694,00

R$ 2.585,65

18 x

R$ 2.507,00

R$ 1.754,51

24 x

R$ 1.914,00

R$ 1.339,21

30 x

R$ 1.558,00

R$ 1.090,24

Condições de parcelamento

Valor do curso

Valor do curso para empresa parceira

à vista

R$ 45.400,00

R$ 31.780,00

12 x

R$ 3.910,00

R$ 2.736,33

18 x

R$ 2.653,00

R$ 1.856,76

24 x

R$ 2.025,00

R$ 1.417,25

30 x

R$ 1.649,00

R$ 1.153,78