Share, , Google Plus, Pinterest,

Posted in:

Meio Ambiente: o que é, importância, composição e preservação

meio ambiente o que é importancia composicao preservacao
1.3 (25.49%) 51 votes

Meio ambiente é um termo bastante familiar para você, certo?

Afinal, são frequentes as notícias dando conta de um novo desastre ambiental ou sobre o aumento da poluição, seja atmosférica ou no mar.

Contudo, o noticiário ambiental não é só tristeza e devastação.

Mesmo na televisão, você certamente deve se lembrar de algum programa na qual a natureza é protagonista.

Belas paisagens e a riqueza de flora e fauna são exemplos. E tudo faz parte do meio ambiente.

O que não falta pelo Brasil são ações bem-sucedidas de recuperação e de preservação, como o belo caso de recuperação da nascentes no estado do Espírito Santo.

A conservação dos ecossistemas é essencial para garantir o equilíbrio e fluxo dos serviços ambientais que sustentam a vida no planeta, incluindo o sequestro de carbono da atmosfera e a purificação da água.

O desafio é como equilibrar o crescimento econômico com equidade social e preservação ambiental.

Esse é o foco deste artigo, no qual vamos apresentar esse tema de forma simples e direta.

Se preferir, navegue diretamente pelos tópicos abaixo:

  • O que significa meio ambiente?
  • Importância do meio ambiente
  • Composição do meio ambiente
  • O que significa preservação ambiental?
  • Qual a diferença entre preservação e conservação ambiental?
  • Como preservar o meio ambiente?
  • Meio Ambiente e sustentabilidade
  • Meio Ambiente no Brasil
  • Desmatamento da Amazônia
  • Acordos internacionais sobre o meio ambiente
  • Exemplo de ações para preservação do meio ambiente
  • Impactos ambientais no Brasil e no mundo
    • Oceanos
    • Atmosfera
    • Reciclagem
  • Outros conceitos relacionados ao meio ambiente.

Continue por aqui e fique por dentro!

A importância do meio-ambiente não pode ser questionada e sua preservação é fundamental

O que significa meio ambiente?

Estar vivo implica agir e reagir sobre os lugares que nos cercam.

Esses locais, por sua vez, são formados por outros seres vivos e matéria orgânica e/ou inorgânica.

Seria essa, portanto, a definição mais direta possível de meio ambiente.

Trata-se do lugar onde a vida ganha forma e segue seu curso.

Mas o significado vai além. E o meio ambiente pode ser tratado de uma forma geral ou específica.

Os mares, a atmosfera terrestre e suas superfícies secas são ambientes no sentido amplo.

No entanto, há de se considerar os meios em todas as suas dimensões.

Logo, até mesmo os subterrâneos podem ser classificados dessa forma, assim como os ambientes micro ou nanoscópicos, já que neles a vida também floresce.

Onde há seres vivos e interação deles com o meio que os circunda, há meio ambiente.

Entende agora como se forma o meio ambiente? Então, vamos passar à sua importância.

É vital que a necessidade de desenvolvimento seja balanceada com a sustentabilidade

Importância do meio ambiente

Sem meio ambiente, não há vida.

Assim sendo, preservá-lo é um elemento chave da sobrevivência.

Nesse ponto, esbarramos na questão da urbanização.

Com o crescimento das cidades, alguns argumentam que a humanidade tende a subvalorizar o meio ambiente, já que é no meio urbano que a maior parte da população mundial vive hoje.

O grande problema é que as cidades crescem muitas das vezes com uma rapidez vertiginosa e, como tal, sem um planejamento urbanístico equilibrado, que integra natureza e infraestrutura.

Veja, por exemplo, o caso do Brasil.

Na década de 1960, nossa taxa de urbanização, ou seja, a proporção entre pessoas que viviam na cidade e no campo  

Em 2000, esse percentual pulou para 81%.

Composição do meio ambiente

O meio ambiente é uma combinação de quatro tipos de interfaces onde a vida se manifesta.

São elas a atmosfera, biosfera, litosfera e hidrosfera.

A primeira é a película de oxigênio que circunda a superfície terrestre e que nos protege dos raios ultravioleta solares.

Já a biosfera é a parte externa do planeta como um todo, enquanto a litosfera é a camada sólida e seca do planeta onde vivem a maior parte dos seres humanos.

Finalmente, a hidrosfera compreende toda a água em estado natural, salgada e doce, incluindo mares, rios, lagos, lagoas e quedas d’água.

Em comum, todas essas camadas têm a capacidade de abrigar diferentes formas de vida, sendo o seu equilíbrio fundamental para manter a biodiversidade.

meio ambiente o que significa preservacao
A conscientização sobre a necessidade de preservar precisa surgir desde cedo

O que significa preservação ambiental?

O planeta Terra pode ser considerado como um organismo vivo.

Como tal, seus sistemas precisam estar sempre em equilíbrio, considerando ações de conservação e preservação ambiental para que os seres vivos se reproduzam.

Toda atividade que se presta a manter uma ou mais espécies animais ou vegetais vivas e em condições de se reproduzir é voltada à preservação.

Preservar, portanto, é a única forma de se garantir a sobrevivência não só de outras espécies, como a da própria humanidade.

Imagine que a vida na Terra é como um castelo de cartas.

Se você tira uma delas, as que estiverem acima vão desmoronar.

Algo parecido acontece quando uma espécie qualquer é extinta ou entra em vias de extinção.

Como em uma reação em cadeia, o seu desaparecimento provoca uma série de efeitos danosos à vida na Terra como um todo.

Por tabela, todos sofremos com a redução da biodiversidade, não importa se aqui ou em outros continentes.

meio ambiente qual diferença entre preservação conservação
Preservação e conservação são duas coisas diferentes, inclusive na legislação brasileira

Qual a diferença entre preservação e conservação ambiental?

O meio ambiente pode ser mantido, basicamente, de duas formas, pela conservação ou pela preservação.

Parecem a mesma coisa, mas há uma diferença significativa entre esses dois conceitos e está relacionada à interferência humana.

Ou seja, quando se fala de conservação, tratamos do uso consciente e racional dos recursos naturais pelo homem.

Já na preservação, a natureza permanece intocada, portanto, sem qualquer ação humana no sentido de explorar suas riquezas.

Como exemplo de conservação, temos as florestas de manejo sustentável nas quais o desmatamento é controlado.

Por sua vez, toda e qualquer reserva, parque natural, Área de Preservação Permanente (APP) ou Área de Proteção Ambiental (APA) são categorias de formas de preservação.

De forma geral, a APA normalmente compreende uma área grande e obrigam um uso sustentável da área, enquanto a APP tem limites mais claros e estritos.

Independente do terreno e recursos encontrados, tudo vai depender de como o ser humano interage com o meio ambiente.

Ao explorá-lo de forma sustentável e garantindo a sobrevivência das espécies e a manutenção dos ecossistemas, ele estará praticando a conservação ambiental.

meio ambiente como preservar
Atos pessoais podem ser de grande impacto para a preservação ambiental

Como preservar o meio ambiente?

Preservação ambiental pode parecer assunto exclusivo de ativistas, mas, na verdade, depende muito mais da participação de cada um do que da ação de grupos localizados.

Logo, cada gesto, atitude e comportamento a favor do meio ambiente conta muito.

Quer um exemplo simples que você pode aplicar agora mesmo enquanto lê este artigo?

Supondo que você esteja lendo pelo celular, por que não aproveita para reduzir o consumo da sua bateria, diminuindo, por exemplo, a intensidade do brilho da tela?

Pode parecer uma medida insignificante, mas se cada brasileiro reduzisse a quantidade de cargas nas baterias de seus celulares, poderia gerar economia de 1 bilhão de kWh por ano.

Essa quantidade de energia seria suficiente para abastecer o Brasil inteiro por um dia, considerando que, em média, consumimos cerca de 380 bilhões de kWh anualmente.

Existem ainda outras medidas relativamente simples que você pode adotar para ajudar na preservação do meio ambiente.

Algumas delas são:

  • Nunca comprar animais em locais clandestinos ou sem autorização do IBAMA
  • Não pescar fora dos períodos autorizados
  • Procurar sempre separar o lixo, destinando recicláveis corretamente
  • Diminuir o consumo d’água sempre que possível
  • Usar o transporte público e evitar o carro para pequenos deslocamentos
  • Jamais lançar lixo em vias públicas ou em cursos d’água e lagoas.

Meio Ambiente e sustentabilidade

A agenda ambiental cresce de importância à medida em que o planeta começa a sentir com mais intensidade os efeitos reais do aquecimento global.

Embora existam céticos sobre o assunto, o fato é que a temperatura média do planeta tem aumentando em nível sem precedentes, os oceanos estão subindo de nível em diversas regiões do planeta, enquanto as calotas polares estão derretendo em ritmo acelerado.

Tudo isso é fruto do aquecimento médio da temperatura provocado pela emissão em níveis alarmantes de gases causadores do efeito estufa na atmosfera.

Afinal, o que não falta são pesquisas que apontam o aumento acima da média nas temperaturas nass últimas décadas.

De acordo com a Organização Meteorológica Mundial (OMM), 2015 e 2018 foram os anos mais quentes dos últimos 22 anos.

A propósito, conforme aponta a organização, no ano passado, foram batidos recordes de temperatura em profusão.

Esse quadro só reforça a necessidade de se promover medidas urgentes para que a disparada nas temperaturas globais seja contida.

Para isso, o desenvolvimento sustentável e o fomento de uma nova economia de baixo carbono são prioridades.

Na esfera individual, o consumo consciente é necessário para minimizarmos os impactos sociais e ambientais. Reduzir o consumo de sacolas plásticas, por exemplo, é um grande passo para evitar a contaminação dos oceanos e cursos d’água.

Separar o lixo, consumir apenas o necessário, e avaliar o impacto do consumo são outros exemplos de como ter atitudes mais sustentáveis.

Segundo o Instituto Akatu, consumir com consciência é consumir diferente, tendo no consumo um instrumento de bem estar e não um fim em si mesmo.

meio ambiente sustentabilidade
O Brasil tem a capacidade de liderar nesta área devido à riqueza e tamanho de seus ecossistemas

Meio Ambiente no Brasil

Segundo o Ministério do Meio Ambiente (MMA), o Brasil é um dos países que lideram os debates sobre preservação e conservação.

Tudo isso se apoia, segundo o próprio ministério, nas condições ambientais brasileiras, únicas no mundo.

Veja este dado: 12% das reservas de água doce do planeta se encontram na bacia hidrográfica brasileira, a maior de toda a Terra.

De acordo com o MMA, somos também os campeões em biodiversidade e em extensão de floresta tropical.

Não é de hoje que os líderes brasileiros estão à frente de movimentos em prol do meio ambiente.

O melhor exemplo disso é a histórica Rio 92 (ou Eco 92), conferência de lideranças planetárias realizadas no Rio de Janeiro para debater sobre as questões ambientais.

Hoje, o protagonismo brasileiro encontra-se em xeque, em função das posições do governo Bolsonaro sobre a temática ambientalista, e principalmente pelo desmonte das políticas ambientais. Nesse aspecto, chama mais a atenção a questão da maior floresta tropical do mundo.

Desmatamento da Amazônia

Não há como fugir do assunto desmatamento da Amazônia diante da grande quantidade de notícias sobre a acelerada degradação do maior e mais importante ecossistema do planeta.

Se fosse apenas a retirada ilegal de cobertura florestal, talvez o problema fosse até menos grave.

O grande desafio é lidar com a consequência mais nefasta do desmatamento, principalmente com os incêndios florestais criminosos.

Os proprietários rurais devem ser estimulados a aplicarem técnicas de manejo correto, como o uso de aceiros, para evitar a propagação acidental das chamas. Por

Isso porque atear fogo às matas é parte dos procedimentos de “limpeza” do solo visando ao cultivo ou para abrir pastos.

Diversas instituições de monitoramento trouxeram números alarmantes sobre o aumento das queimadas na Amazônia em 2019. O IPAM (Instituto de Pesquisa Ambiental  da Amazônia) foi um deles. Em sua nota técnica, afirmou que a Amazônia “está queimando mais em 2019 e o período seco, por si só, não explica este aumento”.

Para o Instituto, “é imperativo que o poder público e a sociedade brasileira façam esforços para que o desmatamento ilegal seja exterminado, sob o risco da próxima geração de brasileiros virar cinzas”

meio ambiente desmatamnto da amazonia
A Amazônia gera mais discussões atualmente e é necessário que ela tenha o protagonismo necessário, tamanha sua importância

Alguns dos principais impactos ambientais no Brasil e no mundo

A urbanização acelerada e o modo de vida baseado no consumo de produtos derivados de petróleo são apontados como causadores de severos impactos ambientais.

De qualquer forma, impacto ambiental é toda consequência gerada pelas ações ou ocupação humanas no meio ambiente.

Nesse aspecto, cinco tipos de impacto são mais graves.

Falaremos sobre eles agora.

Oceanos

A ilha de plástico no Pacífico é apenas um dentre tantos impactos ambientais sofridos pelos oceanos.

Um deles, por exemplo, é a pesca predatória do atum, peixe que pode ser vendido por milhares de dólares e que atrai a cobiça de pescadores em todo o mundo.

Atmosfera

Para a atmosfera, o grande inimigo é sem dúvida as emissões de gases causadores do efeito estufa, principalmente o gás carbônico (CO2) oriundo especialmente pela combustão de combustíveis, desmatamento e degradação florestal.

Esse é, como vimos, o principal vetor que contribui para as mudanças climáticas, já que os gases causadores do efeito estufa se acumulam na atmosfera, e leva ao aquecimento global

Resíduos sólidos urbanos

Os aterros sanitários sem controle, também conhecidos como lixões, são uma séria ameaça aos ecossistemas que os rodeiam.

Sem medidas de contenção, eles geram um subproduto da decomposição do lixo, o chorume, altamente tóxico e capaz de se infiltrar em cursos d’água.

Resíduos sólidos urbanos

Os aterros sanitários sem controle, também conhecidos como lixões, são uma séria ameaça aos ecossistemas que os rodeiam.

Sem medidas de contenção, eles geram um subproduto da decomposição do lixo, o chorume, altamente tóxico e capaz de se infiltrar em cursos d’água.

Exemplo de ações para preservação do meio ambiente

Já vimos há alguns tópicos exemplos de medidas simples que ajudam a reduzir o impacto de nossos hábitos de consumo no meio ambiente.

No entanto, você pode fazer ainda mais para ajudar desde já a garantir um futuro com mais sustentabilidade ambiental para as futuras gerações.

Veja como:

  • Evite acender luzes durante o dia, abrindo janelas para aproveitar ao máximo a luz solar
  • Acumule o máximo de roupa para lavar de uma só vez, o que ajuda a poupar água
  • Use lâmpadas de LED ou fluorescentes em vez das incandescentes
  • Dê preferência a produtos retornáveis, só comprando descartáveis em último caso
  • Nos banhos, feche a água enquanto estiver se ensaboando e evite ficar muito tempo ao chuveiro
  • Procure deixar torneiras fechadas quando não for necessário usar água.
  • Não jogue óleo de cozinha na pia
  • Tente substituir o uso do carro por transporte público ou alternativo pelo menos algumas vezes por semana

Conclusão

Este artigo trouxe um panorama abrange sobre algumas das principais questões relacionadas ao meio ambiente.

Passamos por aspectos relacionados à preservação ambiental, impactos da ação humana sobre os ecossistemas e ações individuais e coletivas importantes para construir um futuro melhor.

Para complementar esse aprendizado, vale ler ainda nosso artigo sobre educação ambiental.

E se quiser se aprofundar nos estudos, visite o site da Fundação Instituto de Administração (FIA), que oferece uma gama de cursos cujo objetivo é formar gestores mais bem preparados para essa nova realidade também nas empresas, onde o conceito de aquecimento global e mudanças climáticas cresce em importância.

Se o conteúdo foi útil, compartilhe. Deixe seu comentário a seguir, com sua opinião ou dúvida sobre o assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *