Share

Técnicas de apresentação: 15 estratégias de especialistas

12 de agosto 2019, 16:11

4/5 - (1 vote)

Dominar técnicas de apresentação é importante por uma série de razões.

Seja no trabalho, em sala de aula ou até mesmo entre familiares e amigos, falar em público é algo recorrente.

Para isso, é importante conhecer diferentes maneiras de se expressar com efetividade, lapidar suas habilidades e se mostrar um bom orador.

Neste artigo, você vai conferir conceitos e benefícios da boa apresentação em público, além de métodos diversificados para fazer isso.

Verá, ainda, como se preparar adequadamente para apresentar suas ideias.

E, como bônus, mostraremos as principais atitudes que devem ser evitadas ao falar em público.

Então, você está convidado a seguir a leitura. Se desejar, navegue pelos tópicos abaixo:

  • O que são técnicas de apresentação?
  • Quais os benefícios das técnicas de apresentação?
  • Tipos de técnicas de apresentação
    • Expositiva
    • Narrativa
    • Persuasiva
  • Como se preparar para uma apresentação?
  • Montando uma apresentação
  • Técnicas para falar bem em público
  • 15 estratégias de apresentação para surpreender
  • O que não fazer em uma apresentação em público?

O assunto é de seu interesse? Então, acompanhe até o final!

tecnicas de apresentacao o que sao
Dominar as técnicas fará sua apresentação ter maior qualidade e informar melhor

O que são técnicas de apresentação?

Métodos e processos para fazer uma exposição satisfatória de ideias, conceitos, negócios, produtos ou serviços podem ser definidos como técnicas de apresentação.

Assim, ao ter um procedimento bem especificado para falar em público, a preparação torna-se mais completa, e tudo flui com clareza.

É o que confirma Tim Calkins, autor de livros sobre apresentações de negócios, professor de marketing e consultor:

Você deve realmente gastar seu tempo antes da reunião pensando em seu público, desenvolvendo uma recomendação clara e encontrando uma história clara e lógica.

Dessa maneira, é necessário se preparar devidamente antes da apresentação, buscando as melhores técnicas.

Ao fazer isso, as chances de sucesso aumentam bastante.

tecnicas de apresentacao quais beneficios
É importante aprender a como conduzir uma apresentação desde cedo

Quais os benefícios das técnicas de apresentação?

Expressar-se para várias pessoas pode ser algo fácil para alguns. Para outros, é um verdadeiro tormento.

Segundo pesquisa publicada pelo jornal The Times, 41% dos indivíduos têm receio de se comunicar com grupos.

O mais curioso relatado neste estudo é que problemas financeiros, doenças e morte causam menos medo aos entrevistados do que falar em público.

Esses dados são realmente preocupantes, uma vez que as habilidades de comunicação são fundamentais tanto na vida profissional quanto na pessoal.

Malcolm Love, especialista no assunto, considera que esse receio está relacionado à nossa apreensão quanto ao julgamento que quem nos ouve fará sobre o que falamos:

Nós temos medo de que o grupo vá pensar algo ruim a nosso respeito. (…) O detalhe é que, ao contrário de um diálogo de um para um, é impossível controlar o que se passa quando há tanta gente envolvida.

Por isso, conhecer, desenvolver e aprimorar técnicas de apresentação é muito importante. Afinal, ao usá-las, surgem diversos benefícios, como:

  • Ter mais consciência do que está sendo feito
  • Conhecer-se melhor e, assim, escolher as táticas mais apropriadas
  • Preparar a exposição com antecedência e clareza
  • Estudar quem são os ouvintes, sabendo como se comunicar com eles
  • Diminuir a ansiedade causada pela fala em público
  • Alcançar o sucesso da apresentação.
tecnicas de apresentação tipos
Há vários tipos de apresentações com finalidades que podem ser completamente distintas

Tipos de técnicas de apresentação

Você foi convidado ou convocado a falar sobre determinado assunto. O primeiro questionamento deve ser sobre como esse tema será abordado.

Dentro de sala de aula, o professor pode solicitar que a matéria estudada seja explicada aos outros alunos.

Ou, no trabalho, talvez seja necessário instruir vários colegas sobre uma tarefa. Assim, é preciso ser claro e didático.

Ao fazer isso, você está usando técnicas de apresentação expositiva.

Já em palestras, discursos e falas que precisem ter uma sequência mais envolvente, optar pela narrativa pode ser uma boa opção.

Com ela, você irá encadear fatos, dados e acontecimentos para fazer o fechamento do ciclo de ideias ou conceitos.

Reuniões de negócio que têm a finalidade da venda de um produto ou serviço, por exemplo, precisam ser mais persuasivas.

Elas têm de convencer os presentes a uma ação, como compra ou assinatura de contrato.

Assim, vamos conhecer os tipos de técnicas de apresentação expositiva, narrativa e persuasiva.

Expositiva

Esse tipo de fala é muito utilizado por professores e instrutores.

Mas mesmo para quem não atua nessas profissões, frequentemente, se faz necessário explicar algo para várias pessoas.

É o caso de passar orientações para uma equipe de trabalho, explicar seu ponto de vista sobre determinado assunto para colegas de sala de aula e, até mesmo, falar algo pra um grupo maior de amigos.

Dessa maneira, é fundamental que tudo fique bem claro. Sem dúvida, nas apresentações narrativas e persuasivas, a clareza também é muito importante.

No entanto, especialmente ao expor uma ideia, instruções e argumentos, tudo deve ser entendido pelos ouvintes de maneira simples e direta.

A adequação da linguagem é um dos pontos primordiais.

Sobre esse ponto, Reinaldo Polito, professor de expressão verbal e palestrante, diz que:

Não adianta utilizar um linguajar técnico para um público leigo ou linguagem vulgar para uma plateia composta por especialistas.

Dessa maneira, ao fazer uma apresentação expositiva, seja claro e adapte a sua forma de falar ao público presente.

Com isso, todos entenderão a mensagem passada, e você fará uma boa exposição.

Narrativa

Quando falamos em narração, logo lembramos de histórias, fábulas e contos de fada.

Porém, uma apresentação narrativa não faz, necessariamente, o relato de uma ficção.

Na realidade, a técnica pega elementos desta estrutura e os transporta para uma palestra, aula, dissertação ou argumentação, por exemplo.

Assim, a fala em público terá um começo, meio e fim, fazendo com que os ouvintes se sintam “levados” por uma sequência que os envolve até o final da trama.

Um recurso antigo, mas muito falado ultimamente, é o storytelling.

Com ele, toda a apresentação transporta as pessoas por uma espécie de jornada.

Dentre elas, a mais famosa é a “Jornada do Herói”, desenvolvida pelo antropólogo Joseph Campbell.

Por meio dela, o público acompanha um encadeamento de fatos por meio de uma mensagem central.

São várias etapas a serem cumpridas por um personagem facilmente identificável pela plateia.

Ao fim, depois de uma caminhada cheia de reviravoltas e envolvimento emocional dos ouvintes com a história, eles se sentem mais conectados à mensagem expressada.

Essa, então, é uma ótima técnica de apresentação, pois gera conexão com o público, fazendo permanecer atento do começo ao fim da sua fala.

Persuasiva

Existem momentos, porém, em que a apresentação precisa ter o poder de convencer aqueles que a assistem.

Nesse caso, além de expormos uma ideia ou conceito, temos que fazer com que os ouvintes se sintam persuadidos a executar algo.

Assim, uma fala persuasiva é muito importante em reuniões de negócios, palestras de vendas e, até mesmo, um pedido de casamento frente à família.

Para convencer as pessoas, o primeiro a estar convencido deve ser você mesmo.

Afinal, se não há segurança do próprio negociador, ninguém mais se sentirá seguro para executar alguma ação.

Desse modo, em uma apresentação persuasiva é fundamental estar confiante sobre aquilo que é proposto.

O profundo conhecimento sobre o tema se faz imprescindível, a fim de quebrar qualquer refutação da plateia.

Além disso, podem ser usados diversos outros métodos para o convencimento, como dados, técnicas emocionais e o apelo para a escassez e urgência da ação, por exemplo.

Se você precisa negociar e convencer várias pessoas ao mesmo tempo, pode facilmente utilizar o tipo persuasivo de técnica de apresentação.

Como se preparar para uma apresentação?

Até os mais desinibidos precisam se preparar para uma apresentação.

Afinal, não basta somente falar bem em público. É preciso conhecer o perfil dos espectadores, além, é claro, de saber a fundo o tema da exposição.

Quer se dar bem com as melhores técnicas de apresentação?

Então, monte a sua estratégia com as dicas a seguir.

Conheça o assunto

À Revista Exame, o palestrante e coach Maurício Seriacopi aponta o desconhecimento como um dos grandes problemas na comunicação para plateias:

As pessoas têm medo de falar em público quando não dominam o assunto da apresentação.

Assim, a primeira tarefa é aprofundar o conhecimento a respeito do tema que você apresentará.

Isso é fundamental para ter segurança, seja expondo (ou narrando) fatos ou persuadindo as pessoas.

Conheça seu público

Em seguida, é importante conhecer o público para o qual você falará.

Qual é o nível de conhecimento que a plateia tem sobre o tema? Em que posição de poder se encontra? Qual é a disposição que ela terá para ouvir sua fala?

As respostas para essas perguntas ajudarão a construir um perfil sobre a sua audiência.

E, dessa forma, você conseguirá traçar, com mais facilidade, uma estratégia para prender a atenção do público.

Conheça e explore recursos de apresentação

Se você tem a possibilidade de usar recursos audiovisuais, por que não fazê-lo?

O estudioso Jerome Bruner, da New York University, verificou que estudantes só conseguem se lembrar de 10% do que escutaram, 20% do que leram e 80% do que viram e fizeram.

Dessa forma, a comunicação textual e principalmente a visual têm um impacto muito forte na fixação da mensagem que você pretende passar.

Além disso, se for possível, peça que seu público faça exercícios e atividades práticas, para ampliar ainda mais o sucesso da sua fala.

Portanto, foque em uma preparação adequada em relação ao seu próprio conhecimento sobre o assunto, mas estude também o público e as ferramentas audiovisuais.

técnicas de apresentação montando
Manter a atenção da plateia é algo fundamental em uma apresentação

Montando uma apresentação

Já se sente mais bem preparado?

É possível evoluir ainda mais.

Veja, na prática, como montar uma apresentação certeira, respondendo a algumas perguntas:

O que é?

Estude a fundo o tema a ser abordado.

Para quem?

Conheça o público e tente desvendar quais são suas intenções ao participar da apresentação.

Com o quê?

Descubra quais serão os seus recursos:

  • Tempo
  • Espaço físico
  • Audiovisual
  • Material de apoio.

Como?

Com todos esses dados em mãos, escolha uma técnica para abordar o público, entre expositiva, narrativa e persuasiva.

Por que falar? Qual o resultado esperado?

Tenha claro em sua mente um elemento que represente o desfecho da sua exposição: é uma nota?

Uma tarefa corretamente executada pela plateia?

Um fechamento de contrato?

Qual o roteiro?

Monte um plano de apresentação, o mais detalhadamente possível.

Veja o que não pode faltar nele:

  • Minutos de fala
  • Início, meio e fim
  • Objetivos da apresentação
  • Estratégias
  • Unidade de sucesso
  • Uso ou não de elementos audiovisuais.

Treine muito!

Estude e pratique o roteiro da sua fala até você dominar toda a comunicação.

tecnicas de apresentacao tecnicas para falar bem publico
Falar em público é um desafio gigante para muitos; mas como tudo, pode ser aprendido

Técnicas para falar bem em público

Tudo preparado, você já sabe o assunto e o perfil do público, além de ter elaborado um excelente roteiro de apresentação.

Mas como expressar seus conhecimentos de maneira acertada?

Reinaldo Passadori, especialista em comunicação verbal, indica que:

Falar com propriedade, segurança, técnica e objetividade faz com que o indivíduo marque presença e valorize o que sabe.

Por isso, não basta ter uma preparação técnica pronta se você tiver dificuldades em expressar tudo aquilo que conhece.

Passadori ainda ressalta que:

O medo, a insegurança e a ansiedade fazem com que a pessoa se retraia e não tenha plenitude no desenvolvimento de suas ideias.

Assim, para se comunicar com seu público de maneira clara, seja expondo ideias, narrando acontecimentos e fatos ou tentando persuadir os ouvintes, é fundamental falar bem.

Para isso, aperfeiçoar a dicção, ter um bom ritmo e um bom tom de fala, além de controlar a ansiedade e o nervosismo, são ações imprescindíveis para uma boa apresentação.

Para Ana Shirley França, escritora de livros na área de Comunicação Empresarial e Formação Profissional, na sede do CRA-RJ:

É preciso também dominar as emoções. A grande dificuldade do falar bem está muito mais relacionada com o controle das nossas emoções do que propriamente com o domínio do conhecimento.

Como fazer isso? A também professora dá a dica:

É importante que nós tenhamos naturalidade ao passar a nossa mensagem. Se eu tenho medo, não há como ser natural. É perceptível quando a pessoa está com medo e com insegurança, até mesmo na própria face. Articular corpo e fala, ligando o aspecto da sua expressão com a oralidade, é fundamental. A interação entre o corpo e a fala ajuda a compor a comunicação de uma forma muito mais efetiva.

técnicas de apresentação 15 estrategias sucesso
É mais do que necessário trabalhar a linguagem corporal em uma apresentação

15 estratégias da apresentação de sucesso

Ao preparar sua fala, além de conhecer o assunto e o público a fundo, você também pode usar outros elementos para elaborar seu roteiro.

Veja, assim, 15 estratégias para formular uma apresentação de sucesso:

1. Seja empático

O que seu público “ganha” ao ouvir você falando?

Coloque-se no lugar deles e perceba sua oferta de valor.

2. Deixe a plateia curiosa

Não entregue tudo nos primeiros minutos e deixe o público mais atento durante o desenrolar da apresentação.

3. Humanize-se!

Mostre que você é uma pessoa que está ali na frente, falando para e com outras pessoas.

4. Esteja seguro

Afinal, apesar de todo o nervosismo, você conhece o assunto.

5. Fale de maneira clara, mas não seja um robô

Expresse-se adequadamente, porém, tenha ritmo e tom certos para cada fase da apresentação.

6. Use a linguagem do seu público

Fale de forma apropriada ao nível de conhecimento das pessoas presentes.

7. Movimente-se

Ande e mexa o corpo, porém, sem demonstrar nervosismo.

8. Seja bem-humorado

Não é preciso fazer piada – o que, em determinados contextos, até vale. Mas uma fala leve pode ser melhor recebida.

9. Capriche no material

Se for usar outros recursos como slides, áudios e vídeos, prepare algo adequado para a ocasião.

10. Material de apoio é só apoio

O conteúdo ajudará a ilustrar sua fala. Porém, ele não deve se sobressair à mensagem.

11. Use dados na medida

As pesquisas e estatísticas servem para comprovar a sua argumentação.

Portanto, use-as quando necessário, mas com o devido cuidado.

12. Resuma a mensagem

Sintetize tudo o que foi falado em poucas palavras.

Isso ajudará na fixação do que foi exposto.

13. Controle o tempo

Tempo é precioso. Tanto o seu quanto o da plateia.

14. Prepare-se para imprevistos

Apesar do roteiro, tudo pode acontecer. Assim, seja flexível.

15. Aproveite o momento

Apresentar não é um bicho de sete cabeças! Curta seus minutos frente ao público.

tecnicas de apresentação o que não fazer em uma publico
Fique atento para não cometer alguns erros e assim comprometer sua mensagem

O que não fazer em uma apresentação em público?

Você preparou um roteiro, treinou suas habilidades de comunicação e está confiante para se apresentar.

No entanto, alguns deslizes devem ser evitados ao falar em público.

Polito, que também é autor do livro “29 Minutos para Falar Bem em Público”, escreveu em sua coluna do site UOL que:

A qualidade da apresentação (…) está além da boa postura, da gesticulação harmoniosa, da dicção perfeita, da voz sonora, do vocabulário fluente.

Esses aspectos quase sempre são importantes para o bom desempenho do orador, mas não constituem por si a garantia do sucesso.

O resultado depende também, e principalmente, da estratégia usada na apresentação.

Portanto, é fundamental escolher uma estratégia que garanta a resposta que você está buscando. É uma boa nota? Um acordo? Uma venda?

Assim, sair do foco do resultado é uma das coisas que não se deve fazer em uma apresentação.

Outra atitude que deve ser evitada é não se conectar com o público.

Para algumas pessoas, a situação é tão estressante que elas sequer conseguem olhar para os espectadores.

Para amenizar esse nervosismo, a dica de Polito é:

Fale em público como se estivesse participando com entusiasmo de um bate-papo.

Por fim, outra ação que deve ser banida das suas apresentações é não interagir com a plateia.

Como bem dissemos, afinal, é uma pessoa falando para outras pessoas. Elas, naturalmente, irão reagir ao que você está expondo.

Portanto, tenha essa sensibilidade de perceber o que elas estão sentindo.

E, sobre isso, vá ajustando seu tom de voz, ritmo de fala e, até mesmo, o direcionamento da exposição.

Conclusão

Neste artigo, falamos sobre técnicas de apresentação, trazendo dicas para dominar a arte de falar em público.

Como vimos, conhecer bastante sobre o assunto tema da sua explanação é fundamental ao estruturar um roteiro de apresentação.

Com isso, você estará mais confiante para se beneficiar das técnicas e ter sucesso em sua comunicação.

Ficou com alguma dúvida, tem alguma pergunta ou gostaria de opinar sobre o tema? Deixe um comentário!

E aproveite para compartilhar esse conteúdo com seus amigos nas suas redes sociais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

SEM TEMPO PARA LER AGORA?
Fazer download do PDF
Sobre a FIA Business School:

Com um olhar sempre no futuro, desenvolvemos e disseminamos conhecimentos de teorias e métodos de Administração de Empresas, aperfeiçoando o desempenho das instituições brasileiras através de três linhas básicas de atividade: Educação Executiva, Pesquisa e Consultoria.

CATEGORIAS
POSTS EM DESTAQUE
FIQUE POR DENTRO!