estudar para o enem

17 jul 19

Descubra os métodos mais eficazes para estudar para o ENEM!

Powered by Rock Convert

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é, hoje, uma das principais portas de entrada para as faculdades do país. Na verdade, até mesmo algumas instituições internacionais, como as universidades de Coimbra e Lisboa (Portugal), Oxford e Bristol (Reino Unido) e Toronto (Canadá), aceitam a nota dessa prova como parte de seus processos de admissão.

No entanto, sabemos que estudar para o ENEM não é uma tarefa tão simples assim. São várias as disciplinas cobradas em uma única prova, administrada em dois dias. Sem falar na redação — que costuma deixar vários de cabelos em pé e apresenta grande peso na nota total.

Se você é desses que ainda se sente um pouco inseguro quando o assunto é estudar para o ENEM, não se preocupe. Neste post, vamos ajudá-lo nessa missão! A seguir, entenda um pouco mais sobre a prova e veja 3 métodos eficazes para fixar bem os conteúdos!

Resistência e preparação

Uma vez ao ano, estudantes — jovens e adultos — de todo o Brasil se preparam para a prova que, muitas das vezes, determinará a sua entrada na universidade desejada. Em 2019, o ENEM acontecerá nos dias 3 e 10 de novembro, portanto, se você ainda não está totalmente seguro sobre os métodos de estudo que vêm utilizando na preparação para o exame, chegou a hora de resolver de vez essa questão.

Antes de tudo, é preciso ter em mente que o ENEM é mesmo uma prova que envolve a resistência. Somando os dois dias, são dez horas e meia de duração para resolver um total de 180 questões objetivas, divididas em quatro áreas do conhecimento, além da redação. Sendo assim, é preciso que você esteja preparado para o ritmo do exame — a preparação deve ocorrer já nas sessões de estudo, como veremos adiante.

Além disso, nunca é demais lembrar que toda a organização para estar bem durante esses dias é decisiva. Mantenha uma rotina de estudos fixa e siga fielmente o seu cronograma, mas lembre-se também de que os momentos de descanso são fundamentais para o seu rendimento. De nada adianta se sobrecarregar pois, assim, o seu cérebro não vai operar com a capacidade total durante a preparação e até mesmo na hora do exame.

Melhores formas de estudar para o ENEM

Agora, chegou a hora de conhecer as técnicas que serão as suas principais aliadas ao estudar para o ENEM. Neste post, separamos algumas metodologias comprovadamente eficazes, portanto, preste bastante atenção e aplique-as em seu cotidiano. Vamos lá?

Pomodoro

Desenvolvida no final dos anos 80 por Francesco Cirillo, um universitário italiano que buscava mais produtividade nos estudos, a técnica Pomodoro é, hoje, utilizada por estudantes e trabalhadores de todos os segmentos ao redor do mundo.

Powered by Rock Convert

Sua premissa é simples: o trabalho (neste caso, estudo), para render mais e ser fixado de forma eficaz, deve ser dividido em blocos de 25 minutos — o que ajuda a treinar a agilidade do cérebro e a manter o foco na execução das atividades. Ao utilizar a Pomodoro para estudar para o ENEM, siga as instruções abaixo:

  • liste as tarefas a serem realizadas naquele dia de acordo com o seu cronograma de estudos (como leitura de determinado conteúdo, resolução de exercícios etc);
  • programe um timer (que pode ser o despertador do seu smartphone) para 25 minutos;
  • escolha uma das tarefas da lista, de acordo com as suas prioridades, e realize-a sem interrupções ou distrações (ou seja, nesse tempo, nada de pausas rapidinhas para checar o celular, ok?);
  • quando o despertador tocar, agora sim, chegou a hora de descansar por 5 minutos;
  • caso não tenha terminado a tarefa, volte a ela e programe o despertador mais uma vez para 25 minutos;
  • ao finalizar a atividade, risque-a da lista e comece a fazer a próxima;
  • tenha em mente que, a cada quatro blocos de tempo, a pausa será de 15 a 30 minutos em vez de 5.

Resumos por escrito

Fazer resumos é uma prática indispensável para estudar para qualquer exame, o que não poderia ser diferente no caso do ENEM. Após ler o conteúdo, tente anotar seus pontos mais importantes com as suas próprias palavras — o que é muito mais eficaz para a absorção da informação do que simplesmente grifar trechos ou copiá-los na íntegra.

Vale lembrar que, quando escritos à mão, os resumos são ainda mais potentes do que aqueles digitados, por exemplo. Há uma explicação científica para isso: a escrita manual demanda mais esforço do cérebro, favorecendo a aprendizagem.

Simulados

Os simulados são ótimas formas de testar seus conhecimentos sobre as disciplinas que cairão no ENEM. O melhor de tudo é que eles ainda auxiliam o estudante a treinar o ritmo em que responde às perguntas, fornecendo uma noção de tempo e deixando-o mais tranquilo quanto a isso no grande dia.

Existem muitos simulados interessantes na internet, alguns deles, inclusive, próprios para quem quer estudar para o ENEM. Há ainda outra opção interessante: pegar as provas das edições anteriores e resolver as questões. Dessa forma, é também possível trabalhar elementos como foco, concentração e, novamente, noção de ritmo.

Mapas mentais

Você já sabe o que são os mapas mentais? Trata-se de uma metodologia que auxilia, sobretudo, aqueles indivíduos que são mais visuais quanto ao aprendizado. Ela consiste, basicamente, na criação de diagramas compostos por palavras, ícones e demais elementos (como setas e cores diferentes etc.), formando um esquema com as informações estudadas.

Esse tipo de técnica ajuda bastante na hora da revisão, permitindo que você guarde mais facilmente os conceitos-chave que estudou. Com eles em mente, se lembrar do resto das informações lidas se torna uma tarefa natural — já que, ao visualizar o mapa mental, virão à mente a relação das informações destacadas com o conteúdo em geral.

Pronto! Entendendo mais sobre a prova e colocando em prática as dicas que reunimos, não tem segredo: estudar para o ENEM certamente se tornará uma missão mais organizada e, consequentemente, eficaz. Lembre-se de que, ao fixar bem os conteúdos e manter a confiança em sua capacidade e conhecimentos, os resultados positivos virão de forma natural — daí em diante, você tem tudo para começar a tão sonhada vida universitária.

Gostou das informações do post? Então, aproveite para curtir agora mesmo a página da FIA no Facebook. Assim, você ficará sempre por dentro de mais dicas importantes como estas!


Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *