Share, , Google Plus, Pinterest,

Posted in:

Organizações Exponenciais: O que é, Características e Livros

organizações exponenciais o que é características livros
5 (100%) 1 vote

As organizações exponenciais – também conhecidas como ExOs, do inglês Exponential Organizations – podem servir como inspiração para o seu negócio.

Mas você sabe o que são e como se espelhar nessas empresas?

A inovação é uma parte importante, mas não é tudo.

Existem outros elementos que também devem ser levados em conta para atingir os resultados pretendidos e fazer parte desse modelo voltado a expandir o crescimento de forma sustentável.

Tem curiosidade sobre o assunto e as contribuições dele para o seu dia a dia?

Então, nos acompanhe ao longo do artigo para um verdadeiro mergulho no universo das organizações exponenciais.

Confira os tópicos que preparamos para você:

  • O que são Organizações Exponenciais (EXOS)?
  • Principais características das Organizações Exponenciais
  • Organizações lineares x exponenciais
  • O futuro das organizações: previsões, mudanças e como se adaptar
    • Novos Mercados
    • Como agregar valor ao que já existe
    • Escalar com Eficiência
    • Descentralização
    • Inovação
    • Sustentabilidade
    • Crescimento acelerado
  • 3 Exemplos de Organizações Exponenciais
    • Netflix
    • Uber
    • Airbnb
  • O que podemos aprender com organizações que pensam exponencialmente?
  • Como aprender mais sobre as organizações exponenciais:
    • Livros
      • Organizações Exponenciais
      • Abundância: o futuro é melhor do que você imagina
      • Oportunidades exponenciais
    • Filmes
      • A rede social
      • Jobs
      • Chef
    • Cursos da FIA
      • Novas oportunidades para inovação em produtos, serviços e processos
      • Pós-graduação em gestão de negócios e valorização da empresa.

Boa leitura!

organizações exponenciais o que são exos
Crescimento acelerado é o que faz organizações serem consideradas exponenciais

O que são Organizações Exponenciais (EXOS)?

O termo organizações exponenciais surgiu para diferenciar empresas que tinham crescimento muito superior à média de mercado.

A expressão foi criada por Salim Ismail, Yuri Van Geest e Michael S. Malone, coautores da obra homônima – sobre a qual falaremos mais ao final do texto.

Se você voltar às aulas de matemática, vai recordar que a função exponencial é aquela em que o número da base é multiplicado pela quantidade de vezes em que o exponencial (número em que ele é elevado) indica.

Por exemplo, (2)³ é equivalente a 2 x 2 x 2, que tem como resultado 8.

Ou seja, o termo exponencial foi usado pelos autores para denotar uma tipo de organização com ganhos múltiplos e crescentes, tal como na equação matemática.

Se uma empresa tradicional tem um avanço de (2)¹, por exemplo, uma exponencial tem (2)¹º. Portanto, um crescimento dez vezes maior.

organizações exponenciais principais características
A inovação, muitas vezes acompanhada da tecnologia, é o que marca as organizações exponenciais

Principais características das Organizações Exponenciais

Mas o caracteriza uma organização exponencial? Por que ela cresce mais do que as outras?

Um dos principais diferenciais de uma empresa como essa é a sua capacidade de inovação.

Ou seja, percebe uma carência de mercado e apresenta uma solução diferenciada para ela, algo realmente inédito até então.

Vamos utilizar um dos casos mais evidentes para evidenciar um exemplo: o transporte privado urbano.

Se, antes, os táxis eram a única alternativa e dominavam o mercado, hoje, a realidade é outra e não param de surgir novos aplicativos voltados para suprir a demanda de quem quer se locomover com segurança, rapidez e com todo o suporte que a tecnologia oferece.

E por falar em tecnologia, ela está na essência de empreendimentos como esses.

Você dificilmente vai ver uma empresa com uma grande sede fixa e um elevado número de funcionários entre as principais organizações exponenciais do momento.

Atualmente, tudo pode ser feito de forma remota, por meio dos dispositivos móveis.

Isso diminui a força de trabalho excessiva e agiliza os projetos.

Ao mesmo tempo, a ideia é investir em modelos colaborativos, que independem de contratos formais de trabalho.

Um termo atual que sintetiza essa relação é o chamado staff on demand, ou se preferir, equipe sob demanda.

O significado nada mais é do que ter somente os funcionários necessários para fazer o negócio rodar.

Todo o resto pode ser desenvolvido a partir da inteligência artificial, do home-office ou da economia colaborativa.

Além disso, a empresa nunca terá um crescimento exponencial se ela não gerar engajamento.

Através da interatividade, negócios que seguem esse modelo costumam criar algum tipo de vínculo com o seu público.

Por isso, é bastante comum que existam fortes esquemas de feedback e um sistema de premiação por envolvimento com a marca.

Mas talvez a principal característica das ExOs sejam as suas interfaces.

Elas partem da ideia de que toda empresa possui consumidores heterogêneos, cada um com seu jeito e suas preferência.

Um bom exemplo de empresa que compreende essa necessidade é a Netflix.

Apesar do streaming de vídeo ser o mesmo, o perfil do assinante é único.

Por isso, dificilmente você vai ter as mesmas indicações de filmes que o seu amigo.

Essas diferenças são gerenciadas a partir de um algoritmo específico, que se baseia na comparação de dados para definir o que oferecer.

organizações exponenciais lineares
As organizações lineares são menos abertas a mudanças

Organizações lineares x exponenciais

As organizações lineares, como o próprio nome já diz, funcionam de maneira plana e previsível.

Seus gestores sabem exatamente o limite dos seus recursos e dos seus ganhos. É o modelo tradicional e até hoje o mais comum no mercado.

Já uma empresa exponencial trabalha com um esquema escalável.

Em outras palavras, um modelo que pode ser reproduzido de maneira repetida, em grande quantidade e com um ganho de produtividade considerado alto.

Além disso, as organizações lineares trabalham com um sistema hierárquico ainda muito presente. Na prática, cada um tem o seu cargo e função. Logo, o poder e as decisões são centralizados.

Por outro lado, os negócios que apresentam crescimento exponencial já nascem com uma cultura de descentralização e valorização da autonomia do profissional, o que implica em um sistema de produção mais flexível.

Mas as principais diferenças entre uma organização exponencial e linear estão na adaptação à mudança e ao diálogo com o público.

Enquanto a segunda é mais resistente à mudança e pouco se comunica com o consumidor, a primeira entende que é importante estar em permanente transformação e que as necessidades do cliente devem guiar essas variações.

organizações exponenciais futuro previsões mudanças
A busca por novos mercados é um dos principais objetivos das organizações exponenciais

O futuro das organizações: previsões, mudanças e como se adaptar

As organizações exponenciais se baseiam em premissas que ajudam a balizar seu crescimento.

De maneira geral, podemos resumir à atuação a sete pontos principais.

Confira quais são eles:

Novos Mercados

Encontrar novos nichos e tendências de mercado é uma alternativa para buscar um crescimento mais rápido.

O desafio é manter esse desenvolvimento por um período maior que a própria duração da novidade.

Por isso, o aconselhável é encontrar a solução para um problema existente.

Assim, a razão do seu empreendimento existir tem um propósito de ser.

Como agregar valor ao que já existe

Outro caminho é valorizar um produto seu que já está no mercado ou que já existe na concorrência e aprimorar a oferta.

Para isso, a saída é fazer uma pesquisa de mercado entre os seus consumidores e avaliar quais necessidades ainda não estão sendo atendidas.

A verdade é que a maioria das organizações exponenciais que fazem sucesso no mercado nasceram a partir da percepção de que era preciso melhorar aquilo que já existia.

Novamente, o exemplo dos táxis pode ser utilizado.

Escalar com eficiência

O terceiro caminho é tentar aumentar a escala de abrangência sem perder a eficiência.

Para isso, é imprescindível buscar novas formas de fazer e sair do convencional para garantir resultados diferentes.

Oferecer o melhor com o menor gasto possível – talvez esse seja um dos grandes desafios para tornar a sua ideia rentável.

Descentralização

Dividir poderes e atribuições também é uma forma de quebrar com a linearidade das organizações.

Como vimos, as empresas tradicionais têm divisões hierárquicas muito claras, o que prejudica a possibilidade de crescimento.

Dar maior autonomia aos colaboradores: essa é a sua melhor chance de aproveitar o máximo do potencial de cada um deles.

Inovação

A inovação é o fator de maior destaque das organizações exponenciais e deve estar no DNA da marca.

Seja por meio da tecnologia ou mesmo de ideias simples, mas pouco utilizadas, não tenha medo de ousar e ir além do que outras empresas já fizeram.

Sustentabilidade

Não adianta nada você ter uma grande ideia inovadora se ela não é capaz de se manter financeiramente.

Tudo exige tempo, mas algumas projeções são necessárias para se proteger dos riscos.

É claro que, quando falamos em sustentabilidade, também estamos nos referindo ao equilíbrio ecológico.

Os consumidores das organizações exponenciais são exigentes e se preocupam não apenas com o serviço oferecido, mas nos impactos que ele causa.

Nunca se esqueça disso.

Crescimento acelerado

No subtítulo do livro “Organizações Exponenciais” já fica claro o conceito da última premissa: o crescimento acelerado.

Está escrito em forma de pergunta na capa do livro: “Por que elas são dez vezes melhores, mais rápidas e mais baratas (que as empresas tradicionais)?”.

A resposta você encontra ao reler todos os itens acima.

organizações exponenciais 3 exemplos
Alguns exemplos de organizações exponenciais são bem famosos

3 Exemplos de Organizações Exponenciais

Quer criar a sua própria organização exponencial?

Depois de todos os conceitos, é hora de partir para a inspiração.

Os três exemplos a seguir ajudam bastante nessa hora.

Netflix

Hoje, a Netflix já é o principal serviço de entretenimento por streaming do mundo. Ao todo, são mais de 130 milhões de assinaturas mensais espalhadas em quase 200 países.

Com cada vez mais pessoas vivendo conectadas, a empresa aproveitou muito bem uma carência do mercado, que eram as poucas opções de lazer pago para a família e deixou para trás as tradicionais locadoras de filmes.

Além de reproduzir conteúdo já existente, a Netflix passou a realizar suas próprias séries e filmes e já é uma verdadeira potência na área.

Sua atuação no mercado impactou tanto que até os canais de televisão por assinatura viram seu público migrar para a plataforma e precisaram se movimentar.

Esse fenômeno também se explica por outro ponto fundamental: o preço. A mensalidade da Netflix é muito inferior à cobrada pelos pacotes fechados de televisão, sobretudo no Brasil.

Atualmente, seus conteúdos são estrelados pelos principais atores de Hollywood e concorrem até mesmo ao Oscar.

Mais do que isso, a empresa se especializou em disponibilizar séries e filmes dos mais variados lugares do mundo, mostrando que não são apenas os países mais tradicionais que oferecem bons produtos.

Uber

Pioneira nos aplicativos de transporte de passageiros no mundo, a Uber está presente em mais de 600 cidades do planeta e conta com mais de 75 milhões de usuários.

A empresa estima que, por dia, realize 15 milhões de viagens.

Ela foi mais uma organização exponencial que aproveitou uma carência global: as deficiências e dificuldades para conseguir carros particulares para transporte.

Foi assim, inclusive, que Garett Camp e Travis Kalanick tiveram a ideia de criar o app. Os dois achavam inadmissível demorar tanto tempo para conseguir um carro.

Com o tempo, a companhia foi melhorando os seus serviços e aumentando o número de categorias de automóveis, conforme o perfil do cliente.

Também foram adicionadas novas formas de pagamento e o seu sistema de geolocalização foi aprimorado.

Hoje, conta também com o Uber Eats, que atua na tele-entrega de refeições.

A sustentabilidade também está em voga.

Com o Uber Pool – também conhecido como Juntos em algumas cidades – é possível compartilhar corridas, diminuindo o número de carros circulando e, por consequência, reduzindo a poluição.

Carros elétricos também já são usados por motoristas de aplicativos em alguns lugares do mundo.

Airbnb

A burocracia e os altos preços de hospedagem sempre foram obstáculos para quem quisesse passar as férias longe de casa.

O Airbnb veio com a proposta de modificar a realidade.

Baseada na política do compartilhamento, a plataforma possibilita aos viajantes um opção mais barata e única de hospedagem.

Já os anfitriões ganham uma maneira de complementar a renda.

Essa é uma organização exponencial que chegou para ficar – e seus números demonstram isso.

Em todo o mundo, a empresa reúne mais de três milhões de anúncios em aproximadamente 65 mil cidades e mais de 191 países, com mais de 180 milhões de hóspedes.

Para se ter uma ideia, o Airbnb faturou 2,6 bilhões de dólares no ano passado.

Em 2018, a meta é chegar nos U$ 3,6 bilhões. No

Brasil, o número de hóspedes, em 2017, teve um crescimento de 120% na comparação com 2016.

organizações exponenciais o que podemos aprender sobre
As organizações exponenciais têm muito a ensinar a empreendedores

O que podemos aprender com organizações que pensam exponencialmente?

A grande lição deixada pelas organizações exponenciais é que não existe um só jeito de fazer sucesso – bem pelo contrário.

Os modelos antigos já ficaram no passado e novos elementos precisam ser analisados.

Encontrar uma solução inédita para um problema coletivo é o primeiro passo. Usar a tecnologia ao seu favor o segundo. E assim por diante.

Una um pouco da sua veia empreendedora com a maneira de pensar das organizações exponenciais e crie a sua própria trajetória vitoriosa.

Exemplos para se inspirar não faltam.

organizações exponenciais como aprender mais sobre
Filmes, livros… material não falta sobre o assunto

Como aprender mais sobre as organizações exponenciais

Quer aprofundar os conhecimentos sobre o assunto?

As fontes de consulta são as mais diversas.

Separamos alguns exemplos para ajudar você a mergulhar de vez nas organizações exponenciais: livros, filmes e cursos.

Livros

Veja as obras sobre organizações exponenciais que não podem faltar na sua biblioteca pessoal:

Organizações Exponenciais

A obra é a responsável por criar a expressão organizações exponenciais.

Ela traz cases completos de sucesso das 70 empresas que mais se destacaram e cresceram no mundo ao longo dos últimos seis anos.

O livro convida o leitor a fazer uma reflexão sobre os caminhos que o seu negócio está trilhando.

Ao trazer uma visão repaginada sobre quais são as tendências organizacionais e tecnológicas, os autores oferecem um modelo de ação inédito, que pode ser implementado em companhias de diferentes portes.

Abundância: o futuro é melhor do que você imagina

Esse best seller mundial apresenta um futuro diferente do que os pessimistas costumam apontar.

A ideia trazida pelo livro é de que, através do desenvolvimento em áreas tecnológicas específicas, como robótica e inteligência artificial, é possível obter um crescimento exponencial superior aos dos últimos 200 anos.

Isso significa dizer que todas as necessidades humanas poderiam ser supridas. Os autores Peter H. Diamandis e Steven Kotler apresentam exemplos desse panorama otimista em diferentes segmentos.

Oportunidades exponenciais

Dos mesmo autores de Abundância, essa obra fala de como os problemas globais podem se tornar excelentes oportunidades de negócio

Ou seja, como um empreendedor exponencial pode chegar naquela realidade futura projetada no livro anterior.

Ele é um verdadeiro manual que mostra o passo a passo para profissionais utilizarem a tecnologia ao seu favor e causarem um impacto mundial.

Ideal tanto para quem está iniciando na carreira ou quem já tem uma certa experiência e quer dar uma guinada ascendente, Oportunidades exponenciais serve para abrir os horizontes e ir além.

É sobre entender que os principais concorrentes nem sempre são as grandes empresas, mas sim aquele empreendedor que está produzindo em casa, em silêncio.

É perceber que a sua atuação não pode se restringir a um nicho que seja tendência no momento, mas sim a uma demanda global que há anos não tem uma solução satisfatória.

Filmes

Gosta de um bom filme? Então, aprenda mais sobre organizações exponenciais com os seguintes títulos:

A rede social

O filme conta a história da criação do Facebook, a rede social com mais usuários do mundo.

Mostra, com detalhes, como uma brincadeira boba de faculdade se transformou em uma das maiores organizações exponenciais do mundo.

É uma ótima oportunidade para conhecer um pouco da cultura do empreendedorismo norte-americano, que mostra muito da dedicação de fazer um negócio dar certo.

Jobs

Conta a trajetória de Steve Jobs, uma das mentes mais privilegiadas do mundo e um precursor na área da computação.

Ainda que o filme seja um tanto raso ao tentar retratar um pouco da vida do criador da Apple, permite entender as relações conflituosas com seus colegas de trabalho e a saída – e posterior retorno – de Jobs à empresa.

Chef

É um grande exemplo de que amar o que faz e se dedicar ao máximo ao seu ofício são duas prioridades para quem procura ter sucesso no mundo empresarial.

O filme mostra que, apesar de algumas dificuldades que aparecem no caminho, o correto é não se deixar abater.

O segredo é acreditar no seu talento e procurar soluções. Claro que um pouco de foco no produto e no marketing não vão fazer mal.

Às vezes, ser chef em um restaurante renomado e sair para um food truck pode representar um passo atrás na carreira. Mas, como conta a história da película, essa também é uma oportunidade de inovar e buscar a satisfação de uma outra forma.

Cursos da FIA

Encontrar a especialização profissional através de cursos é uma ótima pedida para quem deseja construir uma carreira exponencial.

A Fundação Instituto de Administração (FIA), por exemplo, conta com diversas opções para quem está em busca desse e outros tantos objetivos profissionais.

Conheça algumas das opções:

Novas oportunidades para inovação em produtos, serviços e processos

Inovar é um preceito fundamental dentro das organizações exponenciais e esse curso da FIA fornece todas as ferramentas para a criação de ideias capazes de transformar a realidade de forma ágil e duradoura.

Você vai aprender a usar o conhecimento de três das abordagens mais utilizadas no Vale do Silício: design thinking, business model canvas e lean startup.

Pós-graduação em gestão de negócios e valorização da empresa

Muitas vezes, as empresas têm bons planos para dar o próximo passo e buscar novos nichos dentro do mercado.

No entanto, esquecem de dar o devido valor àquilo que já conquistaram.

Como vimos anteriormente, a valorização de um produto já existente também é uma característica das organizações exponenciais.

Essa pós-graduação procura exatamente abrir os olhos do gestor para esse fato.

organizações exponenciais conclusão
As organizações exponenciais são uma excelente fonte de inspiração e lições

Conclusão

Você conferiu neste artigo um guia completo sobre organizações exponenciais.

Foi possível entender como uma simples ideia pode se transformar em um negócio de alto potencial.

Um dos principais aprendizados está na necessidade de fazer diferente e não apenas se apegar aos modelos e soluções que já existem.

Agora, é a sua vez de tirar ideias do papel – quanto mais inovadoras elas forem, melhor.

Se ficou com alguma dúvida, deixe um comentário ou faça contato conosco.

E se o artigo foi útil, divida esse aprendizado com seus amigos e colegas nas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *