atividades extracurriculares

13 dez 19

Como as atividades extracurriculares aprimoram o currículo?

O ingresso em uma faculdade é sempre um período de grandes expectativas para o aluno. Isso não é por menos, afinal, é nessa época que ele dará seus primeiros passos no Ensino Superior, aprenderá o fundamental para exercer a carreira na área escolhida, vivenciará novas experiências etc. É também nessa fase da vida que começam a surgir as propostas de estágio ou até mesmo empregos, e ter um currículo bom e enriquecido é fundamental.

Agora, você deve estar pensando: “como montar um currículo de destaque com pouca ou até mesmo nenhuma experiência no mercado?”. Não se preocupe, nós temos a resposta: participe de atividades extracurriculares. Vamos entender melhor sobre o tema no post!

O que são atividades extracurriculares?

Como o próprio nome já indica, as atividades extracurriculares são todas aquelas práticas realizadas fora do seu currículo acadêmico — ou seja, que não fazem parte da grade do seu curso e nem são exigências para que você conclua a formação. Entretanto, engana-se quem pensa que elas não fazem diferença para a vida do universitário.

Além de contribuírem com a sua formação como indivíduo, partindo da máxima de que todo o conhecimento é válido, elas são uma forma de deixar o currículo profissional mais atrativo, aumentando as chances do candidato que deseja ingressar em um estágio ou no primeiro emprego. Como? Falaremos logo abaixo!

Por que elas são de grande peso para o currículo?

A importância de um bom currículo não é segredo para nenhum profissional, inclusive, para aqueles que ainda estão prestes a darem seus primeiros passos no mercado de trabalho. A competitividade é alta, assim como as exigências. Sendo assim, como chamar a atenção dos empregadores quando há pouca ou nenhuma experiência?

Fazer atividades extracurriculares pode ser a diferença entre você e outro candidato em um processo seletivo, por exemplo. Ao analisarem o currículo de estudantes, os recrutadores já estão treinados para observar essas experiências. Muitas delas, inclusive, são exigências até para aqueles que já têm anos de mercado, como o domínio de um segundo idioma.

Por isso mesmo, quem está na faculdade e em busca de um estágio pode — e deve! — aproveitar o tempo livre para investir em atividades extracurriculares. Tudo isso não só para dar uma turbinada no currículo, como também para desenvolver habilidades e formações que serão úteis em vários sentidos, pessoal e profissionalmente falando.

Quais atividades extracurriculares fazer durante a faculdade?

Iniciação científica

A iniciação científica é uma atividade elaborada pelas próprias universidades, que oferecem aos alunos a chance de trabalharem junto ao corpo docente na pesquisa de algum tema. Muitas vezes, o próprio estudante pode apresentar sua ideia aos profissionais responsáveis e, caso o projeto for aprovado, receber uma bolsa auxílio para desenvolvê-lo.

Essa é uma das atividades extracurriculares mais buscadas por quem deseja seguir carreira no ramo acadêmico, já que é uma experiência inigualável e enriquecedora nesse contexto. Mesmo que esse não seja o seu caso, participar de uma pesquisa e mostrar conhecimento teórico é algo que agrega bastante ao currículo.

Trabalho voluntário

Além de trazer realização pessoal por ajudar aqueles que precisam, o trabalho voluntário também é considerado como atividade extracurricular e é bastante bem-visto pelos empregadores. Isso porque quem busca fazer o bem ao próximo, ao meio ambiente e aos animais demonstra generosidade, empatia, inteligência emocional e disciplina — afinal, mesmo que não remunerado, você estará prestando um trabalho.

Sendo assim, pesquise na internet, dê uma olhada nas redes sociais ou peça indicações para amigos e conhecidos de lugares (como ONGs) que possam estar precisando do seu auxílio. Assim, você terá um diferencial competitivo interessante em seu currículo e, de quebra, ganhará experiência e satisfação como ser humano.

Curso de línguas

O domínio de uma língua estrangeira é, como já falamos, um dos principais requisitos para profissionais de diversas áreas. Especialmente o inglês, que é considerado o idioma universal do mundo dos negócios. Por isso, essa é uma das atividades extracurriculares que não poderia ficar de fora da lista.

Caso o que for proposto esteja em suas condições, é interessante até mesmo buscar uma experiência fora do país, como um intercâmbio de curta duração para adquirir proficiência em um idioma. Você pode aproveitar as suas férias ou até mesmo o fim do semestre letivo para embarcar em uma experiência que enriquecerá seu currículo e sua vida.

Empresa júnior

A empresa júnior é certamente uma ótima maneira de obter experiência e valorizar o currículo. Por meio dessa atividade extracurricular, o estudante pode obter uma visão mais completa sobre o universo corporativo, vivenciar a rotina de uma empresa, desenvolver habilidades e aprender algumas na prática.

Fazer parte de uma empresa júnior durante a faculdade, portanto, é uma oportunidade para que o estudante se destaque. Assim, ele mostra ao mercado que está preparado para enfrentar os desafios do mundo corporativo, lidar com contratempos e propor soluções.

Esportes

O que os esportes têm a ver com o meu currículo? Tudo! Mesmo que o seu objetivo não inclua ser um profissional do ramo da educação física ou da dança, por exemplo, as práticas esportivas são excelentes atividades extracurriculares, já que trabalham questões pertinentes para qualquer segmento, como senso de colaboração e espírito de equipe, autoconfiança, foco, disciplina e compromisso.

Além disso, praticar esportes é algo que trabalha tanto a saúde do corpo — não é à toa que médicos recomendam o exercício físico como forma de manter o bom funcionamento do organismo — quanto da mente. Isso demonstra para os recrutadores que você tem equilíbrio e está preparado para lidar com o trabalho e possíveis adversidades.

Viu só como as atividades extracurriculares potencializam oportunidades? Todo o cuidado com a elaboração de um currículo é de extrema importância — especialmente durante a faculdade, quando você ainda está adquirindo experiência profissional e acadêmica. Sendo assim, siga as dicas do post, escolha aquela com a qual você mais se identifica e, assim, construa diferenciais que o coloquem em destaque.

Gostou das dicas e quer continuar atualizado com mais conteúdos como este? Então, siga agora mesmo a página da FIA Business School no Facebook. Te esperamos por lá!


Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *