Muito falamos sobre educação à distância, tecnologias exponenciais e transformação digital. E por boas razões, pois tudo isso veio para ficar em nossas vidas. Porém, tais assuntos aumentam a importância de também colocarmos no radar as Humanidades, incluindo-se aí a filosofia, as artes em geral, a literatura, a música, o cinema, a dança etc. O que chamamos de Humanidades é esse repertório das experiências e das reflexões dos gigantes, de todas as áreas, que nos precederam ou com os quais convivemos. No cotidiano da vida executiva, uma boa parte dos assuntos tratados não estão nos livros-texto de gestão, mas na grande literatura. Este é o objetivo deste Webinar, discutir como Humanidades e artes são condições essenciais para a formação da liderança.

 

PALESTRANTES

Alessandro Bigheto 

Professor FIA

Mestre em Filosofia, história e educação pela Universidade Estadual de Campinas (2006). Atualmente é professor do ensino infantil ao ensino médio – Colégio Jean Piaget e Colégio Leonardo da Vinci, professor de curso de Graduação do Centro Universitário Padre Anchieta e da Faculdade Barão de Jundiaí, e da pós graduação da Universidade Santa Cecilia. Tem experiência na área de Educação, filosofia e temas afins, com ênfase em Filosofia da Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: filosofia, ética, filosofia da educação, história da educação e tolerância religiosa.

 

 

Carlos Netto 

Professor e superintendente de Educação Digital no Mackenzie

Pós-doutorando em Comunicação Social, Universidade de São Paulo (USP) – 2018, atuando como pesquisador associado da Universidade de Coimbra, Portugal, de janeiro até abril de 2019. Doutor em Psicologia Organizacional, Universidade de São Paulo (USP) – 2010-2012 Mestre em Ciência da Informação, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) – 1998-1999 Mestre em História das Relações Internacionais, Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) – 1997-1998 Pós-Graduado em Marketing Estratégico, Fundação Getúlio Vargas (FGV-RJ) – 1999 Graduado e Bacharelado em História, Universidade Federal Fluminense (UFF) – 1992- 1995 Experiência em Gestão da Estratégia, Pessoas e Negócios, tendo atuado, como estatutário do Banco do Brasil, em três diretorias: Pessoas (2012-2016), Varejo, Alta Renda e Governo no Estado de SP (2016) e Estratégia e Organização (2016 até o momento). Áreas com forte envolvimento na definição das políticas de pessoas, construção da estratégia corporativa e gestão da rede varejo na praça de maior resultado negocial para o Banco do Brasil.

 

 

José Luiz Goldfarb 

Professor PUC SP e Coordenador de Projetos de incentivo à Leitura

Possui graduação em Física pela Universidade de São Paulo (1978), mestrado em Filosofia e História da Ciência – McGill University, Canadá (1980) e doutorado em História da Ciência pela Universidade de São Paulo (1992). Atualmente é professor da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, coordenador do Programa de Estudos Pós-graduados em História da Ciência e presidente da Cátedra de Cultura Judaica da PUC/SP. É também Diretor de Cultura Judaica da Associação Brasileira ‘A Hebraica’ de São Paulo e diretor do KKL Brasil. É membro do Conselho Deliberativo da Associação Amigos do Museu Judaico de São Paulo, coordenador do projeto #Rede MIS, no Museu da Imagem e do Som de São Paulo. É também Membro Honorário da Academia Paulista de Educação. Tem experiência na área de História, com ênfase em História das Ciências, atuando principalmente nos seguintes temas: história da ciência e ciência no século XVII, influências herméticas em Isaac Newton, ciência e religião, história da ciência no Brasil; bibliotecas públicas, políticas públicas de promoção do livro e da leitura, judaísmo, cinema, e elaboração, produção, viabilização e implantação de projetos e eventos culturais, e gestão de presença em redes sociais.

 

 

Sérgio Rizzo 

Professor e crítico de cinema

Jornalista, mestre e doutor em Audiovisual pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Em seus 40 anos de carreira, trabalhou em veículos impressos (Editora Abril, “Folha de S. Paulo”), emissoras de rádio (Band News), TV (canal Arte 1) e portais de internet (UOL, Yahoo!). Atualmente, é crítico do jornal “O Globo” e membro do comitê de seleção do É Tudo Verdade – Festival Internacional de Documentários.

É também diretor associado da produtora Deusdará Filmes, especializada em documentários de impacto. Dirigiu e escreveu o documentário de curta-metragem “Passo” (2018) e o segmento brasileiro do longa-metragem colaborativo “A Living Tree, Means a Living Planet” (2019), e foi roteirista do documentário “Descarte” (2021).

Como professor, dá aulas na graduação e na pós-graduação do Centro Universitário FAAP, na FIA (Fundação Instituto de Administração), em espaços culturais (como Casa do Saber, Espaço Itaú de Cinema e unidades do Sesc-SP) e no modelo “in company”, em escritórios de advocacia (Pinheiro Neto, Machado Meyer) e organizações privadas e públicas (Associação dos Promotores do Estado de São Paulo, Escola Judicial do Tribunal Regional do Trabalho, Escola Superior do Ministério Público de SP). No exterior, fez palestras nos EUA (Harvard University), França (Sorbonne), Portugal (Instituto Politécnico do Porto, Universidade de Coimbra, Festival Filmes do Homem) e participou da equipe de programação da Bergman Week (Suécia).

Autor dos livros “Cinema e Educação – 200 Filmes sobre a Escola e a Vida” (Editora Segmento), “Família e Educação – Quatro Olhares” (Editora Papirus) e “Vitória – Ayrton Senna” (Editora Melhoramentos), além de diversas participações em coletâneas — como “Cinema e Psicanálise” (Editora nVersos), “Os Filmes que Sonhamos” (Lume) ,”Futebol, Comunicação e Cultura” (Unesp/Intercom), “Coleção Folha Clássicos do Cinema” (Editora Moderna/Folha de S. Paulo), “100 Melhores Filmes Brasileiros”, “Documentário Brasileiro – 100 Filmes Essenciais”, “Animação Brasileira – 100 Filmes Essenciais” e “Curta Brasileiro – 100 Filmes Essenciais” (os quatro pela Letramento/Abraccine/Canal Brasil) — e em catálogos de mostras e retrospectivas dedicadas a cineastas como Ingmar Bergman, Woody Allen, Stanley Kubrick, Quentin Tarantino, Luchino Visconti e irmãos Dardenne.

 

MEDIADOR

Marisa Eboli 

Coordenadora FIA

 

Gratuito | Vagas Limitadas

COORDENAÇÃO: Marisa Eboli
DATA: 17-05-2022
HORÁRIO: 19 h
LOCAL: Ao vivo
PALESTRANTE(S): Alessandro Bigheto, Carlos Netto, José Luiz Goldfarb, Sérgio Rizzo e Marisa Eboli