Share, , Google Plus, Pinterest,

Posted in:

Iniciação Gerencial: Como o curso te auxilia a inserir no mercado

Iniciação Gerencial: Como o curso te auxilia a inserir no mercado

Estudar iniciação gerencial é uma ótima recomendação para você que busca ingressar na área de gestão empresarial ou se credenciar a cargos executivos.

Essa formação preparatória chega para suprir uma carência do mercado: o desenvolvimento de lideranças eficazes.

Segundo relatório da consultoria Gartner, a principal dificuldade está em capacitar líderes de nível médio, apontada por 45% dos diretores de Recursos Humanos.

A preparação de gestores sêniores também foi levantada por 37% dos entrevistados como um problema.

A boa notícia é que, se essa é uma lacuna a ser preenchida, ela também se apresenta como uma oportunidade para profissionais mais qualificados.

Não à toa, um estudo recente desenvolvido pela FLOW mostrou que o mercado está aquecido para a contratação de executivos.

De acordo com o levantamento, 90% dos líderes bem conceituados em suas empresas receberam ao menos uma proposta de novo emprego.

Ou seja, o curso de iniciação gerencial pode ser a porta de entrada para a sua inserção nesse segmento tão carente de gestores competentes.

Ficou interessado em saber como funciona essa formação?

Então, confira abaixo um resumo do que será tratado neste artigo e boa leitura!

  • O que é o curso de iniciação gerencial?
  • O curso de iniciação gerencial é indicado para quais pessoas?
  • Onde cursar iniciação gerencial?
  • Qual é a metodologia do curso de iniciação gerencial?
  • Quais são as principais disciplinas do curso de iniciação gerencial?
  • Qual é o investimento necessário para fazer o curso de iniciação gerencial?
  • A importância da gestão no mundo corporativo
  • Como o curso de iniciação gerencial auxilia na inserção do profissional no mundo corporativo?
  • Quais competências e habilidades um profissional de gestão deve ter?
  • Como é o mercado de trabalho nas áreas de gestão?
    • Quanto ganha um profissional da área de gestão?

O que é o curso de iniciação gerencial?

Iniciação Gerencial: Como o curso te auxilia a inserir no mercado
O que é o curso de iniciação gerencial?

O curso de iniciação gerencial é uma formação de nível superior que serve como preparatório para profissionais que desejam se capacitar enquanto gestores organizacionais.

Ou seja, pode ser a porta de entrada de recém-graduados no mundo corporativo.

O objetivo do curso é formar verdadeiros líderes em seus segmentos, com a capacidade de extrair o máximo de suas equipes e levar suas empresas à alta performance.

Para isso, a formação foca no conhecimento funcional de todas as áreas de um negócio.

A ideia é que os futuros executivos tenham uma plena compreensão das engrenagens que compõem uma organização e possam desenvolver o discernimento necessário na hora de tomar as decisões mais assertivas em cada situação.

O curso de iniciação gerencial é indicado para quais pessoas?

Iniciação Gerencial: Como o curso te auxilia a inserir no mercado
O curso de iniciação gerencial é indicado para quais pessoas?

O curso de iniciação gerencial é recomendado para profissionais com nível superior completo que desejam investir na carreira de gestão.

Ainda que boa parte dos alunos venha das áreas de administração, ciências contábeis e afins, nada impede que profissionais de outros segmentos busquem esse tipo de formação.

Se você é da área da saúde e pretende se candidatar a um cargo de gestão hospitalar, por exemplo, o curso pode ser muito útil.

Também é comum que herdeiros de empresas familiares recorram à formação para dar seguimento ao legado de seus pais.

Ou seja, não há qualquer tipo de restrição quanto ao público-alvo de iniciação gerencial.

Basta ter uma graduação em alguma área de conhecimento e o interesse em ser um gestor para estar bem recomendado para o curso.

Onde cursar iniciação gerencial?

Iniciação Gerencial: Como o curso te auxilia a inserir no mercado
Onde cursar iniciação gerencial?

A dica para escolher a melhor opção para cursar iniciação gerencial é procurar por uma instituição bem conceituada e, de preferência, com experiência na formação de profissionais na área de administração e performance empresarial.

Outro ponto importante é ficar atento à certificação do curso.

O diploma ou a certidão de validação precisam ser reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC).

Além disso, vale a pena cuidar os seguintes aspectos:

  • Corpo docente: professores e coordenador de curso gabaritados para o exercício de suas funções. O ideal é mesclar a experiência do mercado de trabalho com a didática do ensino
  • Matriz curricular: as disciplinas do conteúdo programático precisam atender às necessidades e aos desafios que essa importante função organizacional exige
  • Carga horária: compatível com a complexidade das habilidades que precisam ser desenvolvidas durante a formação
  • Material didático e recursos extras: principalmente no contexto de pandemia, com aulas à distância, é fundamental conhecer o tipo de suporte oferecido.

Qual é a metodologia do curso de iniciação gerencial?

Iniciação Gerencial: Como o curso te auxilia a inserir no mercado
Qual é a metodologia do curso de iniciação gerencial?

O ideal é que a metodologia do curso de iniciação gerencial tenha um modelo híbrido.

Ou seja, trazer conceitos teóricos, para ajudar o futuro gestor a entender as razões por trás dos processos.

E também muita aplicação prática, para que ele possa começar a vivenciar a rotina organizacional que o espera no mercado de trabalho.

As aulas também precisam ser um espaço de compartilhamento de experiências e, principalmente, um ambiente que incentive a participação de todos para que dúvidas possam ser sanadas.

Afinal, se existe um local em que os alunos precisam praticar e aprender através de seus erros é durante a formação acadêmica.

Outro ponto em que a metodologia deve focar é no estímulo à criatividade e à inovação.

Desde cedo, os gestores devem começar a pensar fora da caixa, ver soluções onde ninguém mais enxerga e a estar preparados para os mais diferentes cenários.

Caso essas habilidades sejam trabalhadas ainda em sala de aula, os gestores recém-formados já estarão à frente dos seus principais concorrentes.

Um curso como esse pode ser um diferencial competitivo inestimável, sobretudo no contexto atual de incertezas e constantes transformações. 

Quais são as principais disciplinas do curso de iniciação gerencial?

Iniciação Gerencial: Como o curso te auxilia a inserir no mercado
Quais são as principais disciplinas do curso de iniciação gerencial?

Para formar um gestor preparado para o mercado, é preciso que o curso de iniciação gerencial conte com as disciplinas certas, que mostrem como funcionam os principais setores de uma organização.

Além disso, o conteúdo deve apontar caminhos para o desenvolvimento das habilidades mais importantes, para além do próprio curso.

Com base nisso, chegamos à matriz curricular ideal:

Empreendedorismo

Se você pretende ser dono do seu próprio negócio, ter uma formação em iniciação gerencial é claramente fundamental para levar esse sonho adiante.

No entanto, o que muita gente não leva em conta é que habilidades empreendedoras não são essenciais apenas para quem pretende abrir um estabelecimento.

Iniciativa e proatividade também são muito bem-vindas dentro das empresas já estabelecidas, onde cresce o conceito de intraempreendedorismo.

Um bom gestor moderno demonstra ímpeto na busca da inovação e também desperta esse desejo nos demais colaboradores.

Por isso mesmo, inovação é uma das disciplinas mais importantes do curso.

Estratégia Gerencial

Um gestor precisa saber definir um planejamento estratégico da empresa, estabelecer metas, estipular prazos, delegar tarefas, dividir responsabilidades, tomar decisões, aplicar e acompanhar métricas.

Essas e outras funções fazem parte da estratégia gerencial, que nada mais é do que o norte da organização, o caminho que um empreendimento escolhe percorrer na busca dos resultados desejados.

O ideal é que esse plano conte com a participação de todas as áreas da empresa, para que cada colaborador tenha a sua porcentagem de contribuição ao cumprir com sucesso os objetivos.

Finanças Empresariais

Qualquer projeto ou planejamento, antes de ser aprovado, precisa levar em conta os recursos disponíveis para analisar a sua viabilidade.

A disciplina de finanças empresariais vai ensinar o básico desse universo para que os gestores consigam interpretar fluxos de caixa, produzir balanços e ter algumas noções contábeis também.

Além disso, essa matéria pode ser muito útil no sentido de encontrar diferentes fontes de receita, cortar gastos, procurar investidores e patrocínios e negociar com fornecedores e instituições bancárias para empréstimos com juros mais baixos, por exemplo.

Inegavelmente, a saúde financeira é vital para o sucesso de qualquer organização.

Gestores com conhecimento nessa área saem na frente, pois contam com argumentos sólidos para debater com outros setores da empresa que solicitam uma suplementação orçamentária, por exemplo.

Liderança e Engajamento

O gestor, apesar de toda a sua importância, é apenas mais uma peça de uma grande engrenagem responsável pelo sucesso de uma organização.

Cabe a ele garantir que todos os colaboradores se mantenham engajados em busca do objetivo comum.

Ou seja, o executivo precisa exercer uma liderança marcada por exemplos positivos, para que todos tenham consciência de sua importância no contexto empresarial.

Com essa disciplina do curso de iniciação gerencial, o aluno vai descobrir como desenvolver essas duas importantes habilidades para depois montar times de alta performance.

Marketing

Todos os profissionais de uma empresa são promotores espontâneos da marca.

A máxima de que os funcionários precisam vestir a camiseta da organização é verdadeira e se aplica em primeiro lugar aos executivos.

Para saber vender os produtos e os serviços que o seu negócio oferece, é preciso ter um conhecimento básico em marketing.

Nessa disciplina, os alunos vão aprender como definir e se comunicar com o seu público-alvo, além de técnicas para atrair e fidelizar clientes.

Tudo isso para conseguir acompanhar e orientar os profissionais responsáveis por essa área ou, quem sabe, se especializar e se tornar um Chief Marketing Officer (CMO).

Qual é o investimento necessário para fazer o curso de iniciação gerencial?

Iniciação Gerencial: Como o curso te auxilia a inserir no mercado
Qual é o investimento necessário para fazer o curso de iniciação gerencial?

Toda e qualquer capacitação profissional sempre deve ser tratada como um investimento e não como um gasto.

Afinal, o conhecimento obtido na sua formação vai trazer um retorno logo ali na frente.

No caso do curso de iniciação gerencial, o valor investido pode variar bastante.

Diversos fatores podem interferir no custo final, como duração do curso, relevância da instituição escolhida, metodologia de ensino, entre outros.

Para servir de parâmetro, vamos usar de exemplo a formação de iniciação gerencial oferecido pela Fundação Instituto de Administração (FIA).

O curso possui carga horária de 52 horas e conta com uma duração de 13 dias.

A modalidade é 100% EaD e com transmissão ao vivo pelo ZOOM.

Nesses moldes, o investimento fica em R$ 3.798,00, que podem ser parcelados em até seis vezes no cartão de crédito.

A importância da gestão no mundo corporativo

Iniciação Gerencial: Como o curso te auxilia a inserir no mercado
A importância da gestão no mundo corporativo

Analogias são sempre bem-vindas na hora de trazer exemplos mais próximos da nossa realidade para que possamos absorver conceitos mais complexos ou abstratos.

No caso da gestão empresarial, uma comparação que pode ser feita é com um treinador de uma equipe esportiva, como um time de futebol, por exemplo.

O técnico é o profissional responsável por motivar seus atletas, definir um plano de jogo, procurar adaptar-se a diferentes circunstâncias, extrair o máximo desempenho de cada um e assim por diante.

Tudo para tentar garantir o cumprimento das metas nas diferentes competições.

A atuação do treinador não é muito diferente da de um gestor empresarial, que também é responsável por liderar seus colaboradores, traçar metas, executar estratégia e resolver problemas.

Ou seja, em ambos os casos, a liderança exerce um papel importantíssimo e de destaque, embora todos os méritos e responsabilidades sejam divididos entre os demais membros do time.

Como o curso de iniciação gerencial auxilia na inserção do profissional no mundo corporativo?

Iniciação Gerencial: Como o curso te auxilia a inserir no mercado
Como o curso de iniciação gerencial auxilia na inserção do profissional no mundo corporativo?

O curso de iniciação gerencial pode ser a sua porta de entrada para o mundo corporativo porque ele traz conceitos, habilidades e práticas que são essenciais para profissionais que desejam ter sucesso nessa carreira.

Muitas vezes, quando saem da faculdade, falta aos recém-graduados aquela experiência de mercado.

Com esse tipo de formação, a lacuna é parcialmente preenchida e acaba oferecendo muito mais confiança e abrindo oportunidades para futuros executivos.

Além disso, um cargo de gestão requer qualificações e um bom currículo.

São elementos que um curso de iniciação gerencial, ministrado por uma entidade renomada, pode agregar.

Quais competências e habilidades um profissional de gestão deve ter?

Iniciação Gerencial: Como o curso te auxilia a inserir no mercado
Quais competências e habilidades um profissional de gestão deve ter?

Para quem está considerando fazer o curso de iniciação gerencial e se tornar um profissional de gestão, mas ainda não tem certeza se possui o perfil adequado para a função, vale ficar ligado.

Aqui estão seguem algumas habilidades e competências que podem ser muito úteis para seguir nessa carreira:

  • Mediação de conflitos: ser racional, ter uma escuta ativa e não tomar partido nas discussões. Um verdadeiro líder deve saber acalmar os ânimos e acabar com qualquer tipo de vaidade em sua equipe
  • Empatia: saber colocar-se no lugar do outro e ouvir diferentes versões para que, a partir dos pontos de vista distintos, possa tomar decisões mais justas
  • Delegar tarefas: um gestor não deve ser uma figura centralizadora, o que é um erro muito comum entre líderes. Ele precisa confiar na sua equipe o suficiente para compartilhar responsabilidades
  • Proatividade: delegar é importante, mas ter iniciativa é fundamental. Encontrar esse meio termo é um dos principais desafios de um gestor
  • Saber se comunicar: seja na hora de passar feedbacks, orientações pontuais ou mesmo se colocar à disposição para ouvir, um líder precisa ser direto e claro em seus posicionamentos
  • Atualização constante: fome de conhecimento e sede de aprendizado. Um líder nunca pode se acomodar e achar que sabe tudo. Sempre há espaço para evoluir
  • Resiliência: adaptar-se a diferentes realidades, inclusive às situações mais adversas e inesperadas, e não desistir
  • Autoconfiança: acreditar no seu potencial e que sempre é possível encontrar uma saída. Não confundir com soberba
  • Liderar pelo exemplo: um líder deve ser uma inspiração para os demais em sua atitude e comportamento, não por imposição de regras.

Como é o mercado de trabalho na área de gestão?

Conforme mencionado no início deste artigo, o mercado de trabalho carece de lideranças competentes.

Por isso, os gestores que desempenham um bom papel são bastante disputados.

Ou seja, quem decidir investir na área de gestão, vai encontrar um cenário repleto de oportunidades para profissionais em busca de qualificação constante.

Outro ponto positivo da carreira de gestor é a versatilidade.

Você pode liderar diferentes tipos de organizações, o que torna o ofício mais desafiador, pois exige saberes específicos de diferentes setores do conhecimento.

Por outro lado, especialistas saem na frente da concorrência.

É o caso, por exemplo, de um médico que decide concorrer a uma vaga de gestor hospitalar ou um engenheiro que se torna gerente de uma grande empreiteira.

Quanto ganha um profissional da área de gestão?

Devido a esse universo amplo de possibilidades para atuar na área de gestão, os salários desses profissionais podem variar bastante.

Segundo a plataforma Catho, um administrador hospitalar, por exemplo, possui uma média salarial de R$ 4.872.07.

Enquanto um gerente de recursos humanos pode ganhar R$ 7.283.53.

Abaixo, algumas outras médias salariais, de acordo com a Catho:

Conclusão

Está procurando o melhor curso de iniciação gerencial disponível?

Então, pode encerrar a busca, pois você acabou de encontrar.

A formação da FIA oferece o que há de mais moderno e atual na área de gestão, aproximando alunos recém-graduados da realidade que encontrarão no mercado de trabalho.

Além disso, o curso de extensão conta com uma metodologia que incentiva a participação dos estudantes e reforça a aplicabilidade dos conceitos ensinados.

O corpo docente é altamente capacitado, com professores experientes no treinamento de executivos e com ampla vivência empresarial.

Acesse agora para conhecer mais sobre o curso.

Aproveite para ficar por dentro de outras formações e estude em uma das instituições mais bem avaliadas em rankings nacionais e internacionais de educação.

Se o conteúdo sobre iniciação gerencial foi útil, compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *